A Honda tem o HR-V, a Nissan tem o Kicks. Quem gosta das marcas japonesas certamente sente falta de um representante da Toyota entre o segmento dos SUVs compactos, categoria que está dominando a preferência de grande parte do público brasileiro.

Como apresentamos em uma análise recente aqui no Autoo, quando questionada sobre o assunto a Toyota sempre se declarava satisfeita com o posicionamento que o RAV4 adotava no Brasil. Com versões na casa dos R$ 110.000 à época, para a Toyota o RAV4 funcionava como uma boa opção para os consumidores do segmento, uma vez que é nessa faixa de preço em que estão concentradas grande parte das vendas desses modelos.

Com o passar dos meses, a nova geração do RAV4 chegou ao Brasil e, trazendo um conjunto mecânico e nível de equipamentos bem superiores em relação ao antecessor, o preço disparou mais de 50% quando comparado com o que era praticado até então. Logo, graças à evolução do RAV4, a Toyota abre um grande espaço em sua gama para desenvolver um inédito SUV compacto para o Brasil e região. Um modelo que possa trafegar no amplo espectro entre R$ 80.000 e R$ 120.000, onde atuam grande parte de seus atuais concorrentes.

Ao que tudo indica, segundo algumas fontes e rumores que começam a aflorar entre a mídia especializada brasileira, a Toyota deverá entrar mesmo em no segmento mais desejado pelos brasileiros hoje em dia.

Começando a unir alguns pontos que nos ajudam a entender a estratégia da Toyota, tudo leva a crer que esse inédito SUV compacto deverá ser fabricado em Sorocaba, no interior de São Paulo, onde atualmente são produzidas as gamas Etios e Yaris.

Basta uma rápida olhada no ranking de vendas para ver que tanto o Etios quanto o Etios Sedã praticamente não se sustentam mais no mercado. Considerando o desempenho em vendas no primeiro semestre deste ano, o Etios amarga uma discreta 12ª posição no ranking da categoria, vendendo até menos que um Fiat Uno. O Etios Sedã, por sua vez, nos meses de fevereiro, março e junho não chegou a atingir mil unidades emplacadas.

Fato é que, apesar do bom custo-benefício, a gama Etios perdeu seu apelo após a estreia do Yaris e do Yaris Sedã, dois modelos muito mais em linha com os desejos do público brasileiro em termos de design e acabamento. Pensados para uma outra época do mercado, Etios e Etios Sedã focavam apenas no baixo custo e hoje os consumidores, mesmo entre os carros de entrada, querem um pacote mais completo.

Com isso, a troca da linha Etios por um inédito SUV compacto na unidade de Sorocaba soa como algo natural e esperado por parte da Toyota. Outro ponto, dessa vez olhando para a lógica de produção, é que esse novo SUV deverá compartilhar muitos elementos com a família Yaris, inclusive a plataforma, como relatou em junho deste ano o site Autos Segredos.

É bom lembrar que a fábrica da Toyota em Sorocaba recebeu investimentos da ordem de R$ 1 bilhão para acomodar a produção do Yaris, portanto a unidade está bem atualizada e não deverá ser um problema receber a produção do novo SUV.

Na tentativa de anteciparmos o visual do futuro SUV compacto nacional da Toyota, o designer Kleber Silva preparou duas projeções com exclusividade para o Autoo. Tomando como base SUVs mais recentes da marca, como o próprio Toyota RAV4, buscamos também inspirações na linha Yaris que poderão estar presentes no inédito SUV. Você confere as imagens acima e logo depois do texto.

Considerando o que os SUVs compactos entregam hoje no mercado, podemos esperar que a novidade da Toyota conte com comprimento na casa de 4,30 m, largura na faixa de 1,75 m e entre-eixos gravitando entre 2,60 m e 2,65 m. Modelos com boa aceitação hoje em dia, como o Nissan Kicks e o Honda HR-V citados no início do texto, contam com porta-malas na casa de 430 litros, porém SUVs compactos lançados recentemente, como é o caso do Citroën C4 Cactus e VW T-Cross, chegaram ao mercado com compartimentos abaixo dos 400 litros, resta saber qual direcionamento a Toyota deverá adotar para seu futuro SUV nacional.

Como noticiamos, a Nissan deverá colocar no mercado dentro de dois anos uma versão híbrida do Kicks produzida no país e a Toyota não deverá ficar atrás, uma vez que um conjunto propulsor semelhante é aventado para figurar sob o capô de seu inédito SUV compacto provavelmente para as versões mais caras. Caso isso se concretize, a Toyota poderá compartilhar o mesmo conjunto híbrido flex que será lançado ainda neste ano na nova geração do Corolla nacional.

A previsão é que o inédito SUV compacto da Toyota chegue ao mercado em 2021. Se você não tem muita pressa para trocar seu SUV atual ou quer entrar no segmento, certamente é um modelo que vale a pena ficar de olho.

 

 

Projeção de Kleber Silva para o Autoo sobre o futuro SUV compacto nacional da Toyota
Projeção de Kleber Silva para o Autoo sobre o futuro SUV compacto nacional da Toyota
Imagem: Kleber Silva/Autoo

 

 

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/