Fiat 500L tem produção paralisada por causa das baixas vendas

Minivan da marca italiana derivada do Cinquecento não será produzido por durante quatro dias

Fiat 500L Trekking | Imagem: Divulgação

A situação do Fiat 500L no mercado europeu não está muito boa. O modelo teve desempenho comercial aquém do esperado pela montadora italiana desde seu lançamento, há cerca de dois anos. E por conta disso, a Fiat anunciou nesta semana a paralisação da linha de produção do monovolume na fábrica de Karagujevac, na Sérvia.

A fábrica responsável pela produção do 500L deve ficar parada por cerca de quatro dias. De acordo com a marca, a medida foi tomada para eliminar as unidades que estão em estoque e, além disso, reduzir o volume de produção para se adequar a demanda do mercado. A suspensão das operações teve como motivo razões “externas e relacionadas à situação dos mercados automotivos europeus e mundiais”.

Avaliação: 500L, o Fiat tamanho família

Ao que tudo indica, esta situação está afetando boa parte das minivans oferecidas no mercado europeu, provavelmente por conta do sucesso dos crossovers compactos, que estão ofuscando os modelos familiares nas concessionárias. Recentemente, a Ford paralisou a fabricação do B-Max por aproximadamente um mês na Romênia.