A Fiat decidiu trocar a zona portuária de Suape por Goiana na Zona da Mata norte no estado do Pernambuco para instalar sua segunda fábrica no Brasil. O anúncio foi lançado nesta terça-feira (9) e a marca confirmou o investimento entre R$ 3 bilhões e R$ 3,5 billhões para erguer a nova planta com capacidade para produzir até 250.000 carros por ano. A previsão de conclusão da obra da nova linha de montagem segue prevista para o início de 2014.

A Fiat afirma ter escolhido o local por conta de suas condições topográficas ideias e o posicionamento estratégico do terreno para facilitar a distribuição dos veículos pelo Brasil e o exterior. O terreno da montadora na região ocupa uma área de 14 milhões de metros quadrados entre os municípios de Goiana e Recife. O ativamente da linha, que produzirá um novo subcompacto, também está programado para os primeiros meses de 2014.

A nova instalação da Fiat em PE também terá um centro de pesquisas e uma pista de testes completa, onde serão desenvolvidos os próximos automóveis da marca. Fornecedores de componentes (sistemistas) também terão fábricas ao redor do novo empreendimento da marca no Brasil. "A Fiat e o Estado de Pernambuco estabelecem hoje uma relação duradoura, produtiva e transformadora, que beneficiará toda a economia e toda a sociedade”, afirma o presidente da Fiat para a América Latina, Cledorvino Belini, em nota oficial da fabricante.

Thiago Vinholes

|

Veja mais notícias da marca