Fiat Fastback: o que já sabemos sobre o SUV cupê que estreia neste ano

Modelo será uma interessante opção entre os utilitários esportivos nacionais, trazendo proposta singular
Projeção de Kleber Silva para a versão final do Fiat Fastback baseada no conceito de 2018

Projeção de Kleber Silva para a versão final do Fiat Fastback baseada no conceito de 2018 | Imagem: Kleber Silva/KDesign AG

A Fiat deixou claro na última quinta-feira (9) duas informações importantes sobre o seu aguardado SUV cupê nacional. Pegando carona no conceito de 2018, a novidade manterá o nome Fastback e fará sua estreia no mercado brasileiro no segundo semestre deste ano. 

Ao longo dos últimos meses, conseguimos coletar algumas informações sobre o até então projeto 376, como era conhecido o modelo. 

Em uma entrevista realizada em fevereiro de 2021, o responsável pela marca Fiat no país, Herlander Zola, comentou que a perspectiva para o projeto 376, agora, oficialmente, o Fiat Fastback, era “ter um posicionamento de mercado diferente”, atuando em uma segmentação acima do Fiat Pulse. 

A receita dos SUVs cupê obteve grande destaque entre as marcas premium, como BMW e Mercedes-Benz, e, pela primeira vez, uma fabricante generalista vai apostar na carroceria em um automóvel com produção nacional. 

Tudo leva a crer que o Fiat Fastback deverá ter um porte equivalente ao dos atuais SUVs intermediários, como o Jeep Compass, Toyota Corolla Cross e VW Taos. 

O conceito Fastback de 2018 alcançava 4,60 m de comprimento e 2,69 m de entre-eixos, entretanto não acreditamos que o Fastback de produção será tão grande, sendo mais plausível que o seu comprimento gravite nos 4,40 m, similar ao trio de SUVs citados no parágrafo anterior. 

Já em março deste ano, imagens do interior do Fastback em sua versão final passaram a circular na internet e diversos detalhes sobre o modelo puderam ser inferidos. 

Detalhe do logotipo presente no carro conceito de 2018
Detalhe do logotipo presente no carro conceito de 2018
Imagem: Divulgação

Um deles, graças à presença do botão para desativação do start-stop, é que o Fastback deverá contar com o sofisticado motor 1.3 turbo com injeção direta aplicado em diversos modelos nacionais da Stellantis. 

A escolha tende a ser natural, uma vez que, graças aos seus números de potência e torque generosos, que gravitam em 185 cv e 27,5 kgfm nos modelos de Fiat e Jeep em que já é aplicado, o 1.3 GSE deverá conferir ótimo nível de performance ao Fastback, o que é desejável em um modelo que apela para o dinamismo das formas e a esportividade. 

Ainda considerando os flagras revelados no começo deste ano, sabemos que o Fiat Fastback contará com freio de estacionamento com acionamento elétrico, painel de instrumentos digital e central multimídia com tela na faixa de 10”. 

Detalhe da cabine do conceito de 2018 sugere interior tão arrojado quanto a parte externa
Detalhe da cabine do conceito de 2018 sugere interior tão arrojado quanto a parte externa
Imagem: Divulgação

Ainda é cedo para falarmos de preços, mas, considerando que hoje um Jeep Compass Sport parte de R$ 169.490 com motor 1.3 turbo e câmbio automático de 6 marchas, a cifra pode ser uma referência interessante para os valores pelos quais o Fastback deverá transitar, talvez até contando com catálogos um pouco mais baratos. 

De qualquer forma, se você considera a compra de um SUV acima do patamar compacto e anseia por um modelo com uma carroceria bem mais trabalhada em relação ao que temos hoje no mercado, certamente vale a pena aguardar até o segundo semestre deste ano para conhecer de perto o Fiat Fastback. 

Dianteira do Fastback pode fazer referência ao Fiat Pulse
Dianteira do Fastback pode fazer referência ao Fiat Pulse
Imagem: Kleber Silva/KDesign AG