Os ''menos caros'' do Brasil: qual é a melhor escolha entre Kwid Zen e Mobi Like?

Modelos de Renault e Fiat protagonizam a disputa para quem deseja gastar o menor valor possível hoje em dia para adquirir um carro novo
Kwid Zen e Mobi Like: disputa entre os carros mais baratos do Brasil

Kwid Zen e Mobi Like: disputa entre os carros mais baratos do Brasil | Imagem: Montagem Autoo sobre fotos de divulgação

Como comentam os leitores em nossas mídias sociais, hoje em dia estamos longe de contar com carros baratos nas concessionárias, sendo que cabe ao Renault Kwid e ao Fiat Mobi despontarem como os protagonistas entre as opções “menos caras” para quem deseja um automóvel 0 km. 

Se a ideia é gastar a menor quantia possível, surge a pergunta: qual é a melhor opção entre os representantes de Renault e Fiat quando levamos em conta suas versões de entrada? 

Nesse contexto, temos o Renault Kwid partindo de R$ 62.790 na versão Zen e o Fiat Mobi tabelado em R$ 62.690 na configuração Like. Vale pontuar que citamos aqui os valores para a maior parte do território nacional (alguns estados, como São Paulo, praticam alíquotas maiores para o ICMS, o que eleva o valor dos produtos). Apesar do preço menor no caso do Mobi Like, o modelo tem uma ressalva importante que precisa ser levada em conta, como veremos adiante.  

Melhor custo-benefício

Na análise do custo-benefício, o Kwid Zen abre uma enorme vantagem em relação ao Mobi Like pelo fato de já sair de fábrica com os importantes controles de tração e estabilidade. 

A Fiat passou a oferecer os recursos de segurança ativa para o Mobi a partir da linha 2023, porém é necessário adquirir o Pack Safety como um opcional, o que exige um desembolso de R$ 700. 

Logo, o Mobi Like com os controles de tração e estabilidade passa a custar R$ 63.390, ficando, com isso, bem mais caro do que o Kwid Zen. 

Portanto, o Renault é uma escolha muito mais favorável tomando como referência o custo-benefício. 

Vale acrescentar ainda que o Kwid Zen conta com os airbags laterais de série, item ausente no Mobi, bem como o rádio com Bluetooth. No Fiat, está presente apenas a predisposição para o sistema de som. 

Os dois hatches em suas versões de entrada contam com ar-condicionado e direção assistida, sendo elétrica no Kwid e hidráulica no Mobi. 

Economia e desempenho

Em tempos de combustível pesando cada vez mais no bolso, um carro econômico é algo no mínimo desejável, sobretudo pela proposta dos modelos reunidos aqui. 

Nesse quesito, o Kwid Zen também toma a dianteira, em especial pelo fato de seu motor 1.0 tricilíndrico ter recebido melhorias importantes na linha 2023, como a inclusão do start-stop. 

Com isso, o Renault é capaz de alcançar parciais de até 15,3 km/l na cidade e 15,7 km/l na estrada com gasolina. O Mobi Like, por sua vez, registra 13,5 e 15 km/l, respectivamente, com o mesmo combustível. 

Graças ao baixo peso, o Kwid também é mais rápido, alcançando 100 km/h em 13,2 segundos quando abastecido com etanol, tempo que sobe para 14 segundos no Mobi dentro das mesmas condições. 

Conclusão 

Considerando todos os pontos apresentados até aqui, fica claro que o Renault Kwid Zen consegue se firmar como a escolha mais sensata para quem deseja optar por um dos carros mais baratos do Brasil atualmente. 

Mesmo com potência menor em relação ao Mobi (74 cv), o Kwid (71 cv) consegue oferecer mais torque (10 kgfm) na comparação com o Fiat (9,7 kgfm) e ser um veículo ligeiramente mais rápido no uso diário, com a vantagem do consumo menor. 

Além disso, o Kwid Zen é mais equipado, mais seguro e conta com um valor de aquisição vantajoso, sobretudo ao analisarmos sua lista de itens de série. Por tudo isso, se a ideia é gastar pouco tanto na hora da compra bem como no custo de propriedade, o Renault é a melhor pedida hoje em dia.

Kwid Zen e Mobi Like: disputa entre os carros mais baratos do Brasil

Kwid Zen e Mobi Like: disputa entre os carros mais baratos do Brasil