Fiat revela interior do sedã médio Viaggio

Modelo começa a ser vendido em agosto no mercado chinês em seis versões e com uma opção de motor

Fiat Viaggio | Imagem: Divulgação

A Fiat enfim revelou o interior do seu novo sedã médio Viaggio. O modelo praticamente não apresenta alterações em relação ao seu irmão quase gêmeo, o Dodge Dart. Isso porque a parte central do painel e sua tela multimídia, os bancos, os comandos do ar-condicionado e até o volante e seus comandos são os mesmos vistos no modelo norte-americano.

As únicas alterações perceptíveis estão no painel de instrumentos que, além de ter ganhado iluminação na cor azul (novo padrão dos mais recentes modelos da marca italiana), perdeu a tela de LCD que ficava entre o conta-giros e o marcador de combustível e assumiu um padrão mais comum.

Veja nossas opiniões sobre o reestilizado Fiat Punto 2013

De acordo com a Fiat, o Viaggio começará a ser vendido no mês de agosto no mercado chinês. O modelo terá seis versões diferentes, três opções de transmissão – manual de cinco ou seis velocidades e automatizado de dupla embreagem e seis marchas – e uma opção de motor: T-Jet 1.4 16V turbo e potência entre 120 cv e 150 cv.

Homônimo nacional?

Ainda não existem informações sobre a chegada do Viaggio ao Brasil, mas, caso o modelo venha, poderá ser produzido na nova fábrica da Fiat em Goiana, Pernambuco, substituindo o Linea no mercado interno. O sedã médio, apesar de estar no mercado há pouco tempo, já não vende tanto quanto na época de seu lançamento.

Recomendados por AUTOO

Youtube
Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Modelo ganhou novo visual e alguns equipamentos interessantes. Assista
Aviação
Maior avião brasileira está combatendo incêndios no Pantanal

Maior avião brasileira está combatendo incêndios no Pantanal

Embraer KC-390 da FAB pode ser convertido para avião bombeiro. Veja como funciona
MOTOO
Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Uma das maiores montadoras do mundo, a gigante indiana construiu fábrica própria em Manaus para produção de motocicletas