Ford fecha fábrica de São Bernardo após 52 anos de atividade

Apesar de negociações com o Grupo CAOA, planta segue sem perspectiva de funcionamento
Ford Fiesta 2018

Ford Fiesta 2018 | Imagem: Divulgação

A Ford encerrou oficialmente nesta semana a produção de sua fábrica de São Bernardo do Campo, até então uma das fábricas mais antigas do Brasil ainda em atividade. A decisão foi tomada e anunciada há oito meses, deixando cerca de 2.350 funcionários desempregados - os empregados da área administrativa seguem em atividade até março do ano que vem.

Os últimos veículos a saírem da linha de produção do ABC paulista foram os caminhões, com o último carro de passeio sendo o Fiesta. As fábricas de Taubaté (SP) - de motores - e de Camaçari (BA) - de onde saem Ecosport e Ka - seguem funcionando normalmente.

Apesar do longo período desde o anúncio de fechamento, a planta segue sem perspectiva de voltar a funcionar. A Ford confirmou que existem negociações com o Grupo CAOA, que opera a Chery no Brasil, além de cuidar de parte da linha Hyundai, mas ainda estão distantes de uma conclusão.

Em comunicado, o presidente da Ford da América do Sul, Lyle Watters agradeceu o profissionalismo e dedicação dos profissionais, destacando que mesmo após o anúncio, "eles nunca deixaram de cumprir com suas obrigações, produzindo produtos de altíssima qualidade e cuidando da segurança”.

Ford Fiesta 2018
Ford Fiesta, o último automóvel de passeio produzido em São Bernardo do Campo (SP)
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!