Ford Fusion está entre 5 híbridos usados que valem quase um BYD Dolphin Mini

Custando até R$ 115.800, além do sedã, na lista tem até hatches esportivos e SUVs de luxo
Ford Fusion 2017

Ford Fusion 2017 | Imagem: Divulgação

Hoje o BYD Dolphin Mini 0 km é tabelado em R$ 115.800 e está entre os modelos elétricos mais baratos hoje se quiser fugir dos carros movidos a combustão. O problema é que para alguns perfis de consumidores, o subcompacto elétrico acaba não compensando. Fatores como espaço interno, porta-malas, conforto e dificuldade de peças de reposição são alguns dos pontos negativos do modelo.

VEJA TAMBÉM:

Pensando nisso, resolvemos separar cinco modelos híbridos de marcas diferentes de diversas categorias com preço próximo ao Dolphin Mini. Fique ligado e acompanhe.


1- Lexus CT200h 1.8 16V Aut. 2018 - R$ 108.253

Lexus CT 2015
Lexus CT200h é como se fosse um Toyota Prius de luxo, com itens sofisticados e acabamento premium
Imagem: Divulgação

Para os que seguem e idolatram a cultura JDM (Japanese Domestic Market ou Mercado Doméstico Japonês), o hatch esportivo CT200h da Lexus pode ser o caminho para entrar no segmento dos híbridos sem gastar muito por isso. O modelo foi lançado em 2013 no Brasil e está equipado com motor híbrido, ou seja, um a combustão 1.8 de 99 cv e outro híbrido com 82 cv.

Com a ajuda da transmissão CVT, juntos conseguem extrair a potência combinada de 136 cv. Aliás, essa unidade é a mesma do Prius. O consumo é o mesmo divulgado pelo Inmetro: 15,7 km/l na cidade e 14,2 km/l na estrada (gasolina). O modelo deixou de ser importado em 2019 e era vendido em duas versões Eco e Luxury, esta diferenciada pela lista de equipamentos mais completa como bancos de couro perfurado, com aquecimento e regulagens elétricas, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, teto solar elétrico e faróis de Led com lavador.

2- Ford Fusion Titanium 2.0 Aut 2017 - R$ 111.599

Ford Fusion 2016
Ford Fusion tem versão híbrida que pode fazer ate 15 km/l, de acordo com dados do Inmetro
Imagem: Divulgação

Abastecido com gasolina, o sedã grande da Ford faz quase 17 km/l na cidade e 15,1 km/l na estrada, segundo o Inmetro. Seu motor é um 2.0 aspirado de ciclo Atkinson que rende 143 cv de potência e 17,8 kgfm de torque rodando somente com gasolina. Só o elétrico são 120 cv e 18 kgfm. Na potência combinada, juntos rendem até 190 cv.

Além de econômico e potente, o Fusion Titanium Hybrid também traz muitos itens de segurança e luxo a bordo. Entre eles, podemos destacar oito airbags, controlador de velocidade de cruzeiro -  "piloto automático" - adaptativo, sistema de detecção de pedestres, assistente de mudança de faixa, cintos traseiros laterais infláveis, chave presencial, central multimídia SYNC 3 com tela sensível ao toque, conectividade via Bluetooth e USB, além do espelhamento de smartphones por meio de aplicativos como Android Auto e Apple CarPlay.  O sedã deixou de ser importado em 2019.

3- Toyota Prius 1.8 16V Aut. 2019 - R$ 113.090

Toyota Prius 2016
Toyota Prius deixou de ser vendido no Brasil, mais ainda faz sucesso em outros países
Imagem: Divulgação

Já faz mais de 10 anos que o Brasil pôde receber o primeiro veículo híbrido. Estamos falando do Prius que veio importado do Japão em janeiro de 2013. 

Dotado de um propulsor a combustão 1.8 a gasolina de 98 cv e outro elétrico de 72 cv, o conjunto é auxiliado pelo câmbio CVT que permite uma potência combinada de 112 cv. A economia também é representada em números no consumo energético.  De acordo com o Inmetro, são 18,9 km/l na cidade e 17 km/l na estrada (gasolina).

Apesar do visual polêmico, por dentro, é que ele mostra todo o seu poder. Muito confortável e com ótimo isolamento acústico, o hatch médio que saiu de linha em 2021 trazia de série direção elétrica progressiva, sete airbags, controle de estabilidade e tração, ar-condicionado automático de duas zonas, carregador sem fio para smartphones, piloto automático, heads-up display (projeta informações do painel no para-brisa) e muito mais. Em 2021, o Prius deixou de ser importado.

> Fique por dentro de tudo através do nosso canal do WhatsApp

4- Kia Stonic SX Turbo Aut. 2022 - R$ 115.349

Kia Stonic 2018
Kia Stonic é o híbrido leve da marca coreana que continua à venda no mercado brasileiro
Imagem: Divulgação

Vendido no final de 2021 como linha 2022 no país, o Stonic veio em versão única equipada com motor Kappa tricilíndrico 1.0 12V, turbo GDI (injeção direta), a gasolina, com sistema híbrido MHEV 48V (Mild Hybrid Electric Vehicle) Smartstream, capaz de gerar 120 cv de potência combinada (118 cv a combustão) e torque combinado de 20,4 kgfm (17,1 kgfm a gasolina), graças a união de uma transmissão automática de sete marchas e dupla embreagem DCT. De acordo com dados do Inmetro, o hatch faz 13,7 km/l na cidade e 13,8 km/l na estrada, sempre abastecido com gasolina. 

Além dessas vantagens, o SUV compacto tem de série bancos em couro e tecido, ar-condicionado automático, seis airbags, multimídia com tela de oito polegadas, câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro, controlador automático de velocidade, sistema start-stop, chave presencial e faróis com acendimento automático. O modelo segue como sendo o SUV híbrido mais acessível da Kia.

5- Mitsubishi Outlander 2.0 PHEV 2014 - R$ 116.712

Mitsubishi Outlander 2017
Mitsubishi Outlander é o SUV híbrido da marca japonesa que pode ser encontrado em versão plug-in
Imagem: Divulgação

Primeiro SUV híbrido 4X4 do Brasil, o Mitsubishi Outlander PHEV chegou em 2015 e com ele trouxe a combinação da última tecnologia da marca com a economia. Equipado com motor 2.0 e mais duas unidades elétricas (sendo uma para cada eixo), a potência combinada é de 285 cv, sendo 121 cv no motor a combustão e 82 cv com os propulsores elétricos. Já o torque combinado é de 53,3 kgfm (19,4 kgfm do motor a combustão, 14 kgfm do eixo dianteiro e 19,9 kgfm do eixo traseiro).

De acordo com o Inmetro, o Outlander faz 12 km/l na cidade e 13 km/l na estrada. Pode não parecer muito, mas estamos falando em um veículo que pesa quase 2 toneladas. Com 4,65 m de comprimento, 1,80 m de largura, 1,68 m de largura e 2,63 m de entre-eixos, seu espaço interno é um dos mais bem aproveitados da categoria.

O porta-malas conta com aceitáveis 463 litros. Entre os itens de série, a lista é extensa.  Ar-condicionado digital bi-zone, faróis de xenônio com regulagem de altura, bancos com aquecimento, regulagem elétrica para o motorista, 7 airbags, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, frenagem de emergência e piloto automático adaptativo (ACC). Toda a linha deixou de ser importada em 2022.

Siga o AUTOO nas redes: WhatsApp | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

 

Ford Fusion 2017

Ford Fusion 2017

Fernando Garcia

Especialista em análises do mercado de veículos usados, Fernando Garcia tem passagens por revistas automobilísticas e no AUTOO traz vários artigos especiais com curiosidades, serviços e dicas.

Recomendados por AUTOO

Youtube
RAM Rampage Laramie a diesel

RAM Rampage Laramie a diesel

Será que ainda é vantajoso ter picape com motor turbodiesel?
Aviação
Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Mas nega que isso possa atrapalhar operação dos novos Gripen suecos
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções