Ford sabia dos problemas da transmissão PowerShift, revela jornal

Investigação de jornal norte-americano é baseada em materiais da própria marca
Ford Fiesta 2016

Ford Fiesta 2016 | Imagem: Divulgação

Uma reportagem muito sólida e ao mesmo tempo bastante reveladora foi publicada na última sexta-feira (12) pelo jornal norte-americano Detroit Free Press, a qual pode ser lida na íntegra no site do veículo de imprensa. Segundo apuração do periódico, a Ford sabia dos problemas envolvendo a transmissão de dupla embreagem PowerShift (DPS6) e mesmo assim optou por comercializar modelos como o Focus e o Fiesta com o câmbio em questão. Vale a pena lembrar que, aqui no Brasil, o EcoSport também contava com a caixa até a linha 2017.

Segundo o Detroit Free Press relata, e-mails internos da montadora e outros documentos apontam que a fabricante simplesmente ignorou relatos de seu corpo jurídico e até mesmo alertas de um veterano engenheiro de desenvolvimento da companhia dizendo que os modelos equipados com a caixa DPS6 ainda não estavam prontos para o mercado.

O jornal vai além e relata que, ao invés de aguardar e tentar aprimorar a caixa de dupla embreagem, a empresa optou por lançar os carros mesmo assim e tentar resolver os problemas ao longo dos anos seguintes. A fabricante até mesmo orientou concessionários a responder aos consumidores que relatassem problemas no câmbio de seus veículos que o componente operava de forma normal, segundo mencionam alguns documentos. Alguns clientes da marca nos EUA relatam que a transmissão de seus carros simplesmente mudava para Neutro sem qualquer comando do motorista, tornando a condução dos veículos bem arriscada.

Procurada pelo Free Press, a matriz da Ford nos EUA declarou que “desafios são comuns quando se trata de novas tecnologias”. De acordo com a empresa, “muitos consumidores não estavam acostumados com transmissões de dupla embreagem e o modo de atuação do sistema. Após a transmissão ganhar as ruas, outros problemas se desenvolveram. Nós agimos de forma rápida para investigar e determinar esses problemas. Enquanto nós resolvíamos essas questões envolvendo a qualidade da transmissão, as soluções tornavam-se mais complexas e levou mais tempo do que o esperado para resolver a questão. Nós lamentamos a inconveniência e frustração que isso causou em alguns consumidores”, explicou a marca norte-americana.

Segundo análise do Detroit Free Press, mais de 4.300 reclamações foram realizadas para as autoridades reportando o defeito, sendo que a pesquisa ainda constatou 50 relatos que envolveram ferimentos aos ocupantes dos carros afetados com a transmissão problemática. Nenhuma morte está relacionada com o assunto.

Aqui no Brasilo câmbio PowerShift também foi motivo de dor de cabeça para muitos consumidores, o que levou a marca a algumas soluções paliativas como a ampliação do prazo de garantia para o câmbio de unidades do Focus, Fiesta e EcoSport equipados com a caixa DPS6.

Ações na justiça norte-americana alegam que a Ford enganou consumidores. A marca, por sua vez, nega as acusações, porém fechou acordos na Tailândia e Austrália para encerrar algumas reclamações na justiça dos referidos países.

Ford Fiesta 2018
Ford Fiesta 2018
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!