O Fit é um daqueles veículos que confunde qualquer analista de marketing. Afinal, o versátil modelo da Honda faz bem o papel de carro urbano, familiar e mesmo para levar objetos volumosos. Seu formato, no entanto, não pode ser definido como minivan nem como hatch ou perua, embora sejam esses os seus rivais.

Apesar dessa confusão, a Honda acha que o Fit pode evoluir para uma categoria conhecida, a das peruas. Para isso, a montadora desenvolve no Japão a versão Shuttle que agrega espaço interno ao modelo.

As primeiras imagens de um catálogo vazaram na internet e revelam que a Honda aumentou o comprimento do Fit para oferecer um porta-malas mais volumoso, além de espaço vertical maior nos assentos. Externamente, a maior mudança é uma coluna triangular atrás das portas além da tampa traseira mais curvada.

Por dentro, a Honda incrementou o acabamento para agradar os potenciais compradores, afinal o Fit Shuttle deve competir numa faixa mais cara de preços. A expectativa é que o modelo seja lançado até o final de março apenas no Japão.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/