Enquanto todos os holofotes estão voltados para o Salão de Frankfurt, na Alemanha, a Hyundai lançou com certa discrição o novo Sonata na Coréia do Sul. O sedã de porte médio-grande é a nova aposta da marca para ampliar ainda mais seu impressionante crescimento em vendas no mundo.

E por falar nisso, o Sonata será vendido em quase todo o globo e promete elevar o nível da concorrência com modelos famosos dessa categoria como os japoneses Camry e Accord e alemães como o Passat, os mais vendidos nos Estados Unidos e Europa.

Baseado no novo estilo “escultura fluída” da Hyundai, o Sonata – que também será chamado de i40 em alguns mercados – tem linhas elegantes e cheias de vincos assim como seu irmão, o ix35, também conhecido como novo Tucson. O perfil é o de um cupê de quatro portas, mas o Sonata é um sedã de carteirinha.

Esta é a 6ª geração do modelo na Coréia, mas certamente é a primeira com potencial de agradar a diversos clientes. O motor é, por enquanto, um 2.0 litros Theta II com 165 cv e torque de 20,2 kgfm e é capaz de rodar 12,8 km com um litro. É bom lembrar que este Sonata é voltado para o mercado interno dos coreanos e não para exportação.

A Hyundai, aliás, produzirá o Sonata na fábrica do Alabama para venda nos Estados Unidos e outros mercados da América como o Brasil apenas no ano que vem. Este modelo terá um motor 2.4 litros com a mesma tecnologia do 2.0.

Até a China terá um Sonata próprio a partir de 2011. Quando isso ocorrer, a marca coreana pretende vender 450 mil Sonatas anualmente em todo o mundo. O lançamento pode ter sido discreto, mas a presença do novo sedã coreano não será.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/