Hyundai Veloster ganha dupla embreagem e mais torque

Versão esportiva N era oferecida anteriormente apenas com câmbio manual. Motor 2.0 é o mesmo, mas está mais forte
Hyundai Veloster N

Hyundai Veloster N | Imagem: Divulgação

Houve um tempo em que o Hyundai Veloster virou motivo de chacota no Brasil. Apesar do visual esportivo da primeira geração, trazia apenas um motor 1.6 aspirado de 126 cv. Mas os tempos são outros e a atual geração do Veloster tem até versão verdadeiramente esportiva sob o nome N, cuja missão é bater de frente com o VW Golf GTI e outros hatches esportivos globalmente. Não contente com isso, a Hyundai deu mais um upgrade de desempenho ao Veloster N

Na configuração mais esportiva, o modelo, que manteve as características três portas, já trazia um motor 2.0 turbo de quatro cilindros capaz de entregar 252 cv de potência (278 cv com o pacote opcional Performance) e 35,9 kgfm de torque, mas era oferecido apenas com câmbio manual de seis marchas. Novidade agora é a introdução da opção por uma caixa automatizada de dupla embreagem com oito velocidades.

De acordo com a Hyundai, ela é uma unidade banhada a óleo, desenhada para lidar com maiores quantidades de torque. Tanto é que o Veloster N dotado do câmbio de dupla embreagem tem mais força que o manual: 38,4 kgfm. Com essa transmissão nova, ainda há uma função “overboost” por 20 segundos, por meio de um aumento de pressão temporário da turbina. Segundo dados da Hyundai, o Veloster N automático é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em interessantes 5,6 segundos. 

Bem equipado, o hatch ainda conta com recursos avançados como o alerta de colisão com frenagem automática de emergência, assistente de permanência em faixa, alerta de pontos cegos, faróis com comutação automática para o facho alto, entre outros. O sistema de som premium projetado pela JBL é operado pela tela da central multimídia com tela de 8". 

O modelo foi apresentado para o mercado sul-coreano, com o início das vendas programadas ainda para abril. Seus preços, no entanto, ainda não foram divulgados. Responsável pela comercialização dos modelos importados da Hyundai no Brasil, o Grupo CAOA não oferece nem o Veloster, nem mesmo o hatch i30. Assim, as chances de um Veloster N ser lançado no Brasil são remotas.

Hyundai Veloster N
Hyundai Veloster N
Imagem: Divulgação