Jipão da Mercedes-Benz em linha há 40 anos terá opção elétrica

Conceito para o Classe G elétrico foi revelado pela marca
Mercedes-Benz Concept EQG

Mercedes-Benz Concept EQG | Imagem: Divulgação

Como a própria Mercedes-Benz pontuou na apresentação da novidade, de fato parece que o Classe G é um veículo “mais forte do que o tempo”.

O visual parrudo do tradicional jipão off-road da marca fez sua estreia nos principais mercados ao redor do mundo em 1979 e, desde então, sua receita provou ser um sucesso.

Tanto é que a Mercedes-Benz resolveu seguir investindo em seu clássico produto mesmo na era da eletrificação.

A fabricante alemã revelou nesta semana o Concept EQG, que antecipa como será o futuro completamente elétrico do modelo.

E, como você percebe nas imagens, o estilo quadradão e robusto será preservado, com destaque para as generosas rodas de liga leve aro 22”.

4 motores

Ainda sem entrar em detalhes técnicos sobre a novidade, a Mercedes-Benz antecipa que o EQG, ainda na forma de conceito, conta com 4 motores elétricos, todos posicionados perto das rodas e controlados individualmente.

Interessante destacar que a Mercedes-Benz preservou no EQG a tradicional estrutura de carroceria sobre chassi hoje presente no Classe G, bem como o conjunto de suspensão independente na dianteira e por eixo rígido entre as rodas traseiras. 

Para reforçar o compromisso off-road do EQG, a Mercedes-Benz também preparou uma solução de câmbio com duas velocidades, sendo uma delas uma espécie de marcha reduzida, adaptando o modelo para enfrentar, com tranquilidade, os percursos mais desafiadores.

Elétricos: ótimos para o off-road

As vantagens da propulsão elétrica também jogam a favor, tornando-a ideal para veículos off-road. As baterias integradas no chassi também garantem um baixo centro de gravidade. Uma vez que os motores elétricos fornecem seu torque máximo praticamente a todo momento, um veículo todo-terreno elétrico como o Concept EQG e o modelo de produção posterior apresentam enorme poder de tração e controlabilidade - o que também prova ser uma vantagem em encostas íngremes e terrenos mais desafiadores”, explica a fabricante em comunicado. 

A Mercedes-Benz, até o momento, não adiantou quando o modelo definitivo vai estrear.

Atualmente o Mercedes-AMG G 63 chega ao Brasil trazendo o 4.0 V8 biturbo sob o capô. Custando mais de R$ 1 milhão, ele conta com 585 cv de potência e nada menos do que 86,6 kgfm de torque.

Em conjunto com o câmbio automático de 9 marchas, mesmo pesando mais de 2 toneladas o modelo acelera de 0 a 100 km/h em apenas 4,5 segundos e a velocidade máxima é limitada eletronicamente em 220 km/h.

Mercedes-Benz Concept EQG
Mercedes-Benz Concept EQG
Imagem: Divulgação