Lembra do Renault Mégane? Modelo virou um arrojado SUV elétrico

Nova geração do Mégane vira uma referência dentro do portfólio da Renault
Renault Mégane E-Tech Electric

Renault Mégane E-Tech Electric | Imagem: Divulgação

Um dos modelos mais conhecidos da Renault, o Mégane conta com uma trajetória de 26 anos e soma quatro gerações no currículo. Aqui no Brasil, o modelo foi comercializado entre 1997 e 2010, inclusive com produção nacional.

Para celebrar toda essa história do modelo e sinalizar o que podemos esperar do futuro eletrificado da Renault, a marca promoveu uma verdadeira revolução para o modelo em sua mais nova geração.

Esqueça o sedã médio com o qual estávamos acostumados. O novo Mégane 2022 tornou-se um crossover baseado na nova plataforma CMF-EV e traz apenas propulsão elétrica a partir de agora.

O modelo conta com 4,21 m de comprimento e 2,70 m de entre-eixos, com altura de 1,50 m. Segundo a Renault, o projeto é amplamente beneficiado pela propulsão elétrica, a qual demanda muito menos espaço para a parte mecânica e permite liberar mais área útil para o conforto, espaço interno e conveniência dos passageiros.

Na lateral, destaque para as rodas de liga leve aro 20” e o perfil dinâmico, que remete a um cupê e traz esportividade ao conjunto.

Na parte interna, o conjunto de telas OpenR, que engloba o painel digital de 12,3” com a central multimídia de 12” para as versões mais caras do novo Mégane, é o grande diferencial do elétrico.

Em sua configuração topo de linha, o crossover conta com sistema de som Harman Kardon com potência total de 410 W.

Renault Mégane E-Tech Electric
Renault Mégane E-Tech Electric
Imagem: Divulgação

Novo motor

O novo Mégane traz ainda uma nova geração de motor elétrico. Chamado EESM (Electrically Excited Synchronous Motor), o propulsor se destaca pelo fato de não utilizar metais raros em sua construção, o que reduz o impacto ambiental para sua produção, além de torná-lo mais barato. 

Compacto e pesando apenas 145 kg já com o sistema de transmissão, ele chega a ser 10% mais leve do que o propulsor presente no Renault Zoe e traz ganhos em potência e torque. 

A Renault vai oferecer o novo Mégane E-Tech em duas configurações. A primeira opção terá até 96 kW (130 cv) e 25,4 kgfm de torque, enquanto a variante de maior performance alcança 160 kW (217 cv) e 30,5 kgfm. 

De acordo com testes da Renault, o novo Mégane mais potente acelera de 0 a 100 km/h em apenas 7,4 segundos e a velocidade máxima é de 160 km/h. 

O modelo também terá duas configurações de baterias, uma com autonomia para 300 km e outra para 470 km.

Renault Mégane E-Tech Electric
Renault Mégane E-Tech Electric
Imagem: Divulgação