Mercado de carros usados já supera números pré-pandemia

Federação que reúne lojistas prevê ''ano com bons resultados para o setor''
Perspectivas sinalizam recuperação do mercado em 2021

Perspectivas sinalizam recuperação do mercado em 2021 | Imagem: Reprodução internet

Com a escassez de insumos e componentes, fábricas paradas e a falta de veículos 0 km no mercado, os carros usados viram a procura disparar nos últimos meses.

Vale somar a tudo isso a mudança no comportamento de boa parte das pessoas, que, por conta da pandemia, resolveram trocar formas de transporte público pelo deslocamento em veículo particular, evitando aglomerações.

Com isso, reporta a Fenauto em seu balanço do primeiro semestre de 2021, o mercado de carros usados não só recuperou os números de transações pré-pandemia como já os superou.

De acordo com a federação que reúne os revendedores de veículos automotores, o volume de vendas diárias no primeiro semestre de 2021 ficou em 58.944 unidades, total que já supera o registrado nos seis primeiros meses de 2019 (54.802 unidades), época em que a pandemia sequer era prevista.

Ano com bons resultados

Apenas como comparação, segundo levantamento da Fenauto, a média diária de negociações no primeiro semestre de 2020 ficou em 36.323 transações, ano duramente abalado por medidas de restrição de circulação.

Em termos absolutos, no primeiro semestre do ano passado foram negociados 4.540.419 carros usados no Brasil. O total alcançou 7.367.947 unidades nos seis primeiros meses de 2021, portanto registrando incremento de 62,3%.

O resultado deste primeiro semestre, mesmo ainda sofrendo com os efeitos da pandemia, já é superior ao obtido em 2019, que foi um ano absolutamente normal, sem pandemia, lockdown e demais restrições. Com a contínua melhoria das condições da economia, a vacinação em massa e o retorno da confiança do consumidor, provavelmente teremos um ano com bons resultados para o nosso setor”, analisa Ilídio dos Santos, presidente da Fenauto. 

Usados: público busca levantar dinheiro vendendo o carro atual
Usados: transações aumentaram em mais de 62% entre os primeiro semestre de 2020 e o mesmo período de 2021
Imagem: Agência Brasil