Mercedes apresenta SLS AMG atualizado

Versões cupê e roadster ganharam 20 cv extras e sigla GT no sobrenome

Mercedes-Benz SLS AMG GT cupê | Imagem: Divulgação

A Mercedes-Benz promoveu algumas atualizações nas versões cupê e roadster do superesportivo SLS. O modelo ganhou, além do sobrenome GT, melhorias mecânicas no motor, que elevaram sua potência de 571 cv para 591 cv, e em seu câmbio SpeedShift, que apresenta melhor respostas quando o condutor opta por efetuar trocas manuais.

De acordo com a marca, o superesportivo agora acelera de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos - um segundo a mais que o antecessor - além de atingir velocidade máxima de 320 km/h, limitada eletronicamente.

Leia também: avaliação do Mercedes-Benz SLS roadster

No exterior, não existem muitas alterações, apenas os faróis e as lanternas ganharam máscara negra, a capa dos retrovisores que agora possuem pintura em acabamento “black piano” e as rodas – aro 19” na dianteira e 20” na traseira – possuem novo desenho. No interior, os bancos, os painéis das portas, o volante e o console central receberam acabamento em couro escuro com costuras vermelhas.

Os preços do novo Mercedes-Benz SLS AMG GT partem de 204.680 euros (aproximadamente R$ 520 mil) na versão cupê e chegam a 577.150 euros (R$ 1,5 milhão) na versão mais cara AMG design Exclusive Style Leather.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!