A campanha de lançamento do Tiggo 2, novo SUV da marca chinesa Chery, já dura um mês com várias chamadas na TV, jornais e outras mídias, mas ao menos em abril as vendas do modelo ainda não decolaram.

Agora sob a direção do grupo CAOA, conhecido pelo trabalho agressivo com a Hyundai, a Chery nunca fez tanto barulho no mercado. No entanto, apenas 56 unidades do Tiggo 2 haviam sido emplacadas até 24 de abril, bem menos que o QQ, compacto da marca que já acumulava 192 emplacamentos na mesma data.

Há que se reconhecer que o trabalho está apenas começando e depende não só de um bom produto, o que aparentemente o Tiggo 2 é, mas também de uma rede numerosa, coisa que a Chery ainda está longe de ter. São apenas 25 pontos de vendas que devem chegar aa 55 até o final de 2018.

Apesar disso, é bastante seguro afirmar que a mudança desse quadro não será tão veloz mesmo com toda a exposição que a CAOA costuma fazer. Além de precisar convencer o público de que o Tiggo 2 é um bom negócio ela tem de encarar uma concorrência numerosa e já conhecida do consumidor brasileiro. Ou seja, não há mágica e nem narração superlativa que faça um veículo vender do nada.

Tiggo 4 a caminho

Por falar na Chery, a marca participa do Salão de Pequim, na China, e lá um represente da CAOA confirmou quais serão os três modelos que ela lançará no Brasil ainda em 2018. Dois deles, são conhecidos e foram adiatandos pelo Autoo, o sedã Arrizo 5 e o SUV médio Tiggo 7, flagrado em testes por aqui. A novidade é outro utilitário esportivo, logo acima do Tiggo 2 e que deve enfrentar os modelos mais vendidos da categoria como o Honda CR-V e o Nissan Kicks.

Estamos falando do Tiggo 4, modelo que foi lançado no Chile no início deste mês. Em matéria de design, parece ser o SUV de linhas mais atuais da Chery, O interior conta com itens como central multimídia ampla, ar-condicionado automático, freios de estacionamento elétrico e partida por botão. No exterior o modelo é oferecido com motores 1.5 turbo ou 2.0 aspirado e transmissões CVT e de dupla embreagem. Há até um teto solar panorâmico fixo e modos de direção esportiva e econômica.

Em dimensões, ele chega a ser maior do que o HR-V, o que faz imaginar que a CAOA possa considerá-lo numa categoria um pouco superior do carro da Honda, dependendo do pacote de série. Como adiantado pela marca, não só o Tiggo 7 e Arrizo 5, mas também o Tiggo 4 serão produzidos no país.

Certamente, o novo SUV será um prato cheio para as propagandas da CAOA.

 
 
Chery Tiggo 4 2019
 
Chery Tiggo 4 2019
Chery Tiggo 4 2019
Chery Arrizo 7 2017
 
Chery Arrizo 7 2017
Chery Arrizo 7 2017
Chery Tiggo 7 2018
 
Chery Tiggo 7 2018
Chery Tiggo 7 2018
Chery Tiggo 2 2018
 
Chery Tiggo 2 2018
Chery Tiggo 2 2018
Chery Tiggo 4 2019
 
Chery Tiggo 4 2019
Chery Tiggo 4 2019
Chery Tiggo 4 2019
 
Chery Tiggo 4 2019
Chery Tiggo 4 2019
Chery Tiggo 4 2019
 
Chery Tiggo 4 2019
Chery Tiggo 4 2019
 
 
Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/