Mini lança novo Countryman JCW com 300 cv de potência

SUV cresceu nessa nova geração, mas chega aos 100 km/h em 5,4 segundos com motor 2.0 mais potente
Mini Countryman 2024

Mini Countryman 2024 | Imagem: Divulgação

A nova geração do Mini Countryman chegou elétrica e maior, para assumir de vez que se trata de um SUV. Mas a versão John Cooper Works não quer saber de bateria e carregadores. O negócio dela é gasolina.

O foco aqui é acelerar, então a escolha foi por um motor 2.0 turbo de 304 cv de potência e 40,8 kgfm de torque, na versão que será vendida na Europa, capaz de levar o Countryman aos 100 km/h em 5,4 segundos e à velocidade máxima de 250 km/h. O SUV tem câmbio automático de oito marchas e tração integral.

Mini Countryman 2024
Mini Countryman 2024
Imagem: Divulgação

No visual, a JCW é mais invocada que a elétrica. A grade é aberta para refrigerar o motor com suas aletas quadriculadas imitando uma bandeirada final de uma corrida. O tema também está no sensor dianteiro de condução semi-autônoma.

O teto, as capas dos retrovisores e outros detalhes são pintados de um tom de vermelho que, segundo a Mini, é inspirado no automobilismo. Na traseira, as lanternas têm uma assinatura de led que pode ser personalizada pelo proprietário.

Mini Countryman 2024
Mini Countryman 2024
Imagem: Divulgação

Por dentro, não há mais painel diante do motorista. As informações importantes da tela central redonda e bem grande de OLED são repetidas em um head-up display. O esquema de cores vermelho e preto no painel também é uma herança das pistas de corrida, diz a montadora.

A fila traseira de bancos pode ser ajustada para frente ou para trás em até 13 centímetros, aumentando o porta-malas que pode ir de 460 litros a 1.530 litros com os assentos rebatidos.

Mini Countryman 2024
Mini Countryman 2024
Imagem: Divulgação

Siga o AUTOO nas redes: Instagram | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Recomendados por AUTOO

Youtube
Volvo XC40, um SUV elétrico com preço mais acessível

Volvo XC40, um SUV elétrico com preço mais acessível

Modelo custa menos que similares alemães e não decepciona. Confira avaliação
Aviação
O "Boeing 737 europeu" que não decolou

O "Boeing 737 europeu" que não decolou

Jato comercial da Dassault era melhor em muitos aspectos ao 737 mas só teve 11 unidades produzidas. Entenda
AUTOO
Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Acompanhe as notícias sobre automóveis do site de forma mais rápida e prática!