Monza SP1 e Monza SP2 estreiam com o V12 mais poderoso da Ferrari

Esportivos foram pensados para entregar a sensação de pilotagem de um carro de F1
Ferrari Monza SP1

Ferrari Monza SP1 | Imagem: Divulgação

Conhecida por seus esportivos que fazem qualquer um torcer o pescoço, a Ferrari apresenta agora seu novos pupilos, no caso o Monza SP1 e o Monza SP2. A marca classifica os modelos como barchetta, termo normalmente utilizado para designar carros esportivos sem teto que levam apenas um ou dois passageiros. A designação também é usada para designar carros com aspecto de barco, ou seja, sem para-brisas ou teto fixo.

Com nome inspirado nas famosas Ferrari 750 Monza e 860 Monza que disputaram o World Sports Car Championship (Campeonato Mundial de Esportivos), competição realizada entre 1953 e 1992 que reunia pilotos amadores e algumas das principais marcas automotivas do mundo como a própria Ferrari, Mercedes-Benz, dentre outras.

Na Ferrari Monza SP1, o cockpit é montado apenas para o motorista e tem aspecto de carro de Fórmula 1. Materiais nobres podem ser encontrados no diminuto painel, bem como o banco de couro marrom escuro. No caso do SP2, o motorista divide o privilégio com um passageiro e ambos disfrutam de todo conforto e tecnologia disponíveis nas prateleiras da Ferrari. Para poder gerenciar melhor o fluxo de ar que entra na cabine, a

Ferrari instalou pequenos para-brisas no SP2 para melhorar o conforto a bordo.

Segundo a Ferrari, apenas algumas dos dois modelos serão produzidas para clientes e colecionadores que poderão disfrutar da “sensação de velocidade normalmente experimentada apenas por pilotos de F1”, destaca a fabricante italiana.

Os modelos são construídos com fibra de carbono e medem 4,65 m de comprimento por 1,99 m de largura. O peso seco no caso do SP1 é de 1.500 kg, enquanto o SP2 atinge 1.520 kg.

Sob o capô, destaca a marca, estará o motor mais poderoso já produzido pela marca, no caso o 6.5 V12 de 810 cv a 8.500 rpm e 73,3 kgfm de torque a 7.000 rpm. Aliado ao baixo peso das novidades, segundo a Ferrari os esportivos conseguem acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 2,9 segundos. A velocidade máxima, por sua vez, supera os 300 km/h.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!