Multas 2024: confira as 5 mais comuns ao longo do primeiro trimestre do ano

De janeiro a março foram 25,5% a mais de multas comparado ao mesmo período de 2023
Estado de São Paulo adere ao Sistema de Notificação Eletrônica

Estado de São Paulo adere ao Sistema de Notificação Eletrônica | Imagem: Reprodução internet

Pagar multas de trânsito gera sempre frustrações e nem sempre o brasileiro tem dinheiro para pagá-las à vista. Pior ainda quando ele tem a CNH suspensa, dependendo da pontuação somada no ano.

VEJA TAMBÉM:

Segundo a startup Zapay, no 1° trimestre de 2024, houve um aumento de 25,5% comparado ao mesmo período do ano passado. A seguir estão as multas mais registradas em sua plataforma.

 

1- Excesso de velocidade

Com 35,7% de representação, uma das multas mais comuns é transitar acima do permitido. Dependendo do percentual de velocidade ultrapassada acima do permitido, o motorista pode receber de 4 (média), 5 (grave) e 7 pontos (gravíssima) na carteira. O valor que o infrator terá de desembolsar é de R$ 130,16, R$195,23 e R$ 293,47, respectivamente.

2- Avançar o sinal vermelho

Em 2° lugar representando 4,7% do total de infrações cometidas nos três primeiros meses do ano está em avançar o sinal vermelho. A punição para quem comete este tipo de infração também é severa sendo considerada gravíssima e o condutor terá de desembolsar R$ 293,47, além dos sete pontos na CNH.

3- Estacionar em local e horário proibido

Estacionar em local e horário proibido vem logo atrás ocupando a terceira multa mais aplicada com 4,6% de atuação. Vale esclarecer que para cada tipo de local onde estiver estacionado, o motorista pode receber uma multa no valor que varia de R$ 130,16, com a adição de 4 pontos na CNH (infração média) até R$ 293,47, resultando em 7 pontos na carteira (infração gravíssima).

4- Transitar na faixa exclusiva de transporte coletivo

Outra das infrações mais cometidas com 3,3% de atuação por parte dos motoristas brasileiros é a de transitar em faixa de ônibus. De natureza gravíssima, caso o condutor for pego, ele receberá uma multa no valor de R$ 293,47, ou seja, estará respondendo por uma infração de natureza gravíssima. 

5- Deixar de usar o cinto de segurança

Representando 2,3% de atuação nas principais vias do Brasil vem a falta do uso de cinto de segurança. O motorista que for flagrado trafegando sem o acessório devidamente afivelado estará cometendo uma infração de natureza grave. Dessa maneira, ele terá de pagar R$195,23 e ganhará 5 pontos na CNH.

6- Dirigir sem possuir CNH ou guiar com ela vencida

Outra das infrações mais comuns cometidas pelos motoristas brasileiros vem a de guiar veículos sem a CNH ou com ela vencida com 1,5% de participação. Quem for pego, estará cometendo uma infração gravíssima e terá de arcar com uma multa no valor de R$ 293,47.

Siga o AUTOO nas redes: WhatsApp | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

 

 

Recomendados por AUTOO

Youtube
Choque de elétricos baratos

Choque de elétricos baratos

BYD Dolphin Mini ou Kwid E-Tech, quem leva a melhor nos modelos a bateria?
Aviação
Os novos porta-aviões da China e dos EUA comparados

Os novos porta-aviões da China e dos EUA comparados

Fujian e Gerald R. Ford são como forças aéreas móveis, capazes de se deslocar pelo mundo inteiro
MOTOO
5 motos 0km para comprar na faixa dos R$ 20 mil

5 motos 0km para comprar na faixa dos R$ 20 mil

Confira opções de modelos interessantes de Honda, Yamaha, Royal Enfield, Bajaj e Dafra