Museu do VW Fusca reúne exemplares únicos em São Paulo; veja vídeo

Várias versões do clássico podem ser vistas de perto em uma espaço da capital paulista

Em 1934 Ferdinand Porsche assinou o contrato para iniciar o processo de fabricação do Volkswagen Fusca, um ícone que se tornaria mundial com o passar dos anos. O carro chegou ao Brasil na década de 50. Naquele momento ele ainda era montado por aqui por uma empresa chamada Brasmotor. O sistema chamado de CKD consistia basicamente em montar o carro que chegava em lotes de peças.

VEJA TAMBÉM:

A nacionalização ocorreu em 1959. Dois anos antes a Kombi chegou ao mercado e foi o primeiro modelo fabricado pela Volkswagen no Brasil. Por aqui o simpático carrinho logo conquistou o seu público-alvo, em parte por conta do preço bastante atrativo e também pela durabilidade e resistência do conjunto, tanto de suspensão quanto mecânico.

Ao longo dos anos ele passou por várias modificações e melhoramentos sempre mantendo o estilo original que rendeu vários apelidos para cada país no qual foi vendido. No Brasil chamado de Fusca, em Portugal de Carocha, nos Estados Unidos de Beetle e por aí vai. Sem dúvida nenhuma o modelo que manteve a mesma essência do início ao fim, que aconteceria no México no começo da década de 2000.

Para o colecionador Camilo Cristófaro o modelo sempre foi muito mais do que uma paixão. A sua atração pelo besouro da Volkswagen começo há muitos anos e, desde então, ele foi adquirindo vários exemplares, muitos deles icônicos e séries especiais, para formar o maior acervo da América Latina.

Recentemente resolveu compartilhar a sua paixão com todo o público inaugurando o Museu do Fusca, no bairro do Ipiranga. Por lá a coleção pode ser vista, apreciada e fotografada sob todos os ângulos. Cada exemplar possui uma pequena placa com detalhes do ano em versão.

Neste rico acervo temos modelos nacionais e estrangeiros, com destaque para as versões alemãs, norte-americanas e também a última série mexicana. Na matéria em vídeo temos todas as informações para agendar a sua visita. Vale muito a pena conhecer. Vida longa ao Fusca!

Siga o AUTOO nas redes: WhatsApp | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Veja outras colunas

Elon Musk sabe exatamente o que não quer: elétrico básico

12/04/2024 16h01

Tesla pretende, um dia, vender 20 milhões de veículos por ano, o dobro do grupo Toyota em 2023

Honda CR-V Advanced Hybrid só não atrai mais pelo preço alto; veja avaliação

05/04/2024 16h51

SUV híbrido consegue ter bom desempenho e baixo consumo entre as principais qualidades

Spin ganha atualização estética, itens de segurança e consome menos

29/03/2024 14h28

GM detectou que volume de vendas da minivan pode ser mantido ou até um pouco aumentado com as mudanças