Veículos grandes dão muito trabalho para estacionar, principalmente nos espaços cada vez mais raros das cidades grandes. Por isso grandes fornecedores de tecnologia para as montadoras criaram os chamados sistemas de estacionamento automático, ou o park assist, nome adotado por algumas fabricantes em seus automóveis. Esse sistema é ativado pelo motorista, mas a velocidade é delimitada pela montadora. Contudo, o condutor pode escolher até o lado da rua que quer parar (através das setas), deixando que o sistema calcule o espaço necessário para realizar a manobra.

O Park Assist utiliza sensores na dianteira e traseira do veículo e então inicia a sequência de estacionamento. O motorista engata a marcha à ré e a partir daí basta acelerar e frear, não sendo necessária nenhuma intervenção no volante. Alguns assistentes de estacionamento mais avançados inclusive já controlam também o avanço e o recuo do carro durante as balizas. 

O estacionamento pode ser feito em curvas, junto a blocos de concreto e entre árvores ou outros obstáculos. Outro grande favor que essa tecnologia pode prestar ao proprietário é tirar o carro de vagas apertadas, desde que haja um espaço mínimo para a manobra. O park assist funciona em vagas paralelas ou perpendiculares, dependendo da geração oferecida em determinado modelo. 

Autônomo

Já existe um sistema no qual o motorista pode sair do carro e deixar que ele estacione sozinho. A programação pode ser feita pelo smartphone ou pela chave, como na geração mais recente do BMW Série 7

No Brasil

Por ser um sistema mais avançado e que exige uma série de componentes sofisticados para operar, o assistente de estacionamento não é um recurso barato e costuma figurar em modelos mais caros. Aqui no Brasil, é possível encontrar o recurso em modelos como o Ford Fusion Titanium 2.0 EcoBoost AWD (R$ 179.900), no Volkswagen Golf GTI com o opcional "Pacote Premium GTI" o que resulta em um preço de R$ 158.840 para o hatch médio, e no Chevrolet Equinox Premier de R$ 167.790, apenas para citar alguns exemplos. O recém-lançado Volkswagen T-Cross pode ser equipado com o assistente de estacionamento a partir da versão Comfortline, o que eleva o preço do SUV compacto para R$ 106.040, fazendo dele um dos carros mais acessíveis do mercado com o recurso.  

Vinicius Montoia

Formado pela PUC-SP em jornalismo, Vinicius já atua no setor automobilístico desde 2013. É criador do canal Narração Esportiva do Youtube, projeto que conta a história dos maiores narradores esportivos do país

Vinicius Montoia | https://www.youtube.com/channel/UC2lKRtZdmSdMRJZ8Pim78Fw