Novo Dacia Spring antecipa como será a nova geração do Renault Kwid

Hatch elétrico se inspira na terceira geração do Duster europeu e ganha interior mais caprichado
Dacia Spring 2025

Dacia Spring 2025 | Imagem: Divulgação

A Dacia é a subsidiária de carros de baixo custo da Renault. Foi sob essa bandeira que nasceram carros conhecidos aqui vendidos com a marca francesa, como Logan e Sandero. Já o Kwid fez o caminho contrário. Foi lançado primeiro como Renault e só depois virou Dacia Spring em sua versão elétrica, aqui, o Kwid E-Tech, o carro a bateria mais barato do Brasil hoje.

VEJA TAMBÉM:

Mas coube à marca romena lançar primeiro a segunda geração do modelo —antecipando o que podemos esperar para o pequeno Renault Kwid nacional em breve—, apresentada nesta quarta (21) na Europa. Os mais exigentes vão dizer que não se trata de uma nova geração e sim uma reestilização e vão estar certos, mas as mudanças são bem evidentes.

Dacia Spring 2025
Dacia Spring 2025
Imagem: Divulgação

O desenho buscou inspiração na nova linguagem visual da marca, vista na terceira geração do Duster. São linhas mais retas e ângulos recortados. Os faróis são de LED formando um “Y” nas pontas, unidos pela grade com linhas sobrepostas. A da Renault será diferente.

Nas laterais, a Dacia manteve o desenho das portas, mas incluiu uma faixa preta na última coluna com o nome do carro. A traseira também ganhou os ângulos retos e novas lanternas interligadas por uma barra texturizada com o nome da marca em relevo. Na parte de baixo dos dois para-choques chama a atenção uma barra desenhada com uma espécie de mapa.

Dacia Spring 2025
Dacia Spring 2025
Imagem: Divulgação

Por dentro é onde estão as maiores novidades. Sai o interior simples do Kwid que conhecemos e entra um painel mais bem desenhado, com instrumentos digitais e uma central multimídia de 10 polegadas —a do Renault Kardian tem 8”. O seletor de marchas vira um joystick similar ao do novo SUV brasileiro.

Siga o AUTOO nas redes: WhatsApp | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

A mecânica não teve alteração. A Dacia explicou que seus clientes rodam 37 km por dia na velocidade média de 37 km/h. Em 75% dos casos, a recarga é feita na própria residência do proprietário do Spring elétrico na Europa. Sendo assim, manteve o motor dianteiro de 65 cv e a bateria de 26,8 kWh. A autonomia desse conjunto é prevista em 220 km no ciclo europeu. No Renault Kwid E-Tech, o Inmetro fala em 186 km.

Recomendados por AUTOO

Youtube
Nova Chevrolet Spin 2025

Nova Chevrolet Spin 2025

Minivan renovada quer fazer frente aos quase SUVs do mercado
Aviação
Argentina terá caças F-16

Argentina terá caças F-16

Jato supersônico é rival do Saab Gripen, da Força Aérea Brasileira. Veja quantos aviões nossos vizinhos compraram
AUTOO
Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Acompanhe as notícias sobre automóveis do site de forma mais rápida e prática!