Novo Siena estreia dia 23 de março

Segunda geração será separada da família Palio para assumir um novo papel

Novo Fiat Siena: visual diferente do Palio | Imagem: João Kleber do Amaral

Um dos carros mais aguardados de 2012, a nova geração do Fiat Siena, já tem data de estreia: 23 de março. É neste dia que o sedã revitalizado será apresentado a imprensa brasileira, ao passo que suas vendas devem ser iniciadas logo em seguida ao evento.

A exemplo do novo Palio, esta será a primeira mudança radical aplicada no sedã compacto, lançado em 1997 e já com três reestilizações ao longo de sua trajetória. Não é só isso, o veículo também assumirá um novo status na linha Fiat, com uma função de carro mais refinado e, por consequência, possivelmente mais caro.

Isso acontecerá pois o novo Siena não será mais apenas a “Palio sedã”. A intenção é diferenciá-lo do hatch não só neste aspecto, mas também pelo ponto de vista social. Resumindo, o novo três volumes da Fiat não será mais um carro, digamos, popular. Ele será como um Volkswagen Polo Sedan ou o Ford New Fiesta Sedan, carros compactos “semi-luxuosos” que circulam por uma camada mais elevada da sociedade.

Veja também: Avaliação completa do novo Fiat Palio

Apesar de todo esse esforço em separar o Siena da família Palio, o carro, por baixo da “casca”, será praticamente um Palio. Plataforma, suspensão, câmbio e motores serão os mesmos do hatch com apelo popular. Já o interior, por outro lado, deve ter identidade próprio, com um tom mais refinado e materiais de acabamento de melhor qualidade.

O visual externo, já antecipado na projeção do AUTOO, só reforça a tese da separação dos demais modelos Palio (hatch e picape Strada). Faróis e lanternas, detalhes de para-choque e o desenho lateral serão diferentes dos modelos tidos como mais simples.

Também devido a postura “premium” do novo Siena, a opção de motor 1.0 deverá passar longe dele. O modelo será oferecido em versões com o bloco 1.4 Fire Evo e 1.6 E.torQ, ambos flex, com escolhas de transmissão manual ou automatizada Dualogic. Então significa que a Fiat não terá mais em sua gama um sedã popular? Nada disso. A atual versão 1.0 Fire continuará disponível para suprir a demanda.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!