Mesmo sem apelar para o downsizing, a Porsche se esforça para tornar seus modelos mais econômicos, sem abrir mão da esportividade, claro. A linha 2011 do Panamera passará a contar com sistema de reaproveitamento da energia desperdiçada pelos freios, comumente chamado de Kers. A tecnologia será aplicada somente nos modelos com motor 4.8 litros V8.

Com o sistema, o Panamera S, de 400 cv, poderá alcançar média de 9,7 km/l, enquanto o Panamera 4S, com tração integral, chegará a 9,4 km/l. Já o Turbo, com seus 500 cv, tem consumo médio de 8,8 km/l. A economia de combustível ocorre da seguinte forma: o alternador, que transforma parte da força gerada pelo motor em energia para a bateria, terá ajuda do Kers, recebendo uma quantidade extra de energia, dissipada nas frenagens. A Porsche também afirma ter melhorado o sistema Start/Stop, agora com funcionamento mais rápido. Para completar a busca por economia, a Porsche oferece como opcionais pneus de baixa resistência.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Rodrigo Mora

|