Pandemia afetou até o modo como os carros são projetados

Essa é uma das conclusões do 18º Simpósio SAE BRASIL de Testes e Simulações
Digitalização será acelerada entre as fabricantes

Digitalização será acelerada entre as fabricantes | Imagem: Divulgação

Não foi só no modo como nos relacionamos, fazemos compras e estudamos, a pandemia da Covid-19 mudou até o modo como as fabricantes desenvolvem seus automóveis. 

Segundo Ricardo Fanucchi, diretor geral de engenharia da GM Brasil, “o caminho em direção ao virtual já era uma realidade antes, e a pandemia evidenciou a urgência de acelerarmos esse processo”, declarou o executivo no 18º Simpósio SAE BRASIL de Testes e Simulações. 

De acordo com os participantes do evento, as vantagens da simulação virtual, considerada fundamental para a redução de custos e de tempo de desenvolvimento de produto é uma forte tendência identificada na indústria automotiva. Além disso, os especialistas apontam para uma redução cada vez maior de testes físicos no desenvolvimento de produto, na medida e na velocidade com que as tecnologias avançam na área de digitalização. 

Além disso, em um painel chamado "Digital Twin, Big Data, e Inteligência Artificial: novas tendências", Jorge Gripp, diretor de Tecnologia da Autaza, empresa especializada em visão computacional e inteligência artificial, mostrou as vantagens da inspeção de qualidade de superfícies em ambiente virtual, aplicada ao processo automotivo completo de desenvolvimento de peças estampadas, inclusive do ferramental. 

De acordo com o especialista, a inspeção virtual é capaz de solucionar a subjetividade e a variabilidade na identificação visual de problemas, comum na indústria apesar dos avanços tecnológicos e com resultados não raros de retrabalho e desperdício. Como resposta aos problemas na pintura de veículos, Gripp mostrou um sistema robótico com iluminação especial e câmeras que fotografam a carroceria e é capaz de identificar problemas com precisão. 

Uso da tecnologia reduz custos e tempo de desenvolvimento
Uso da tecnologia reduz custos e tempo de desenvolvimento
Imagem: Divulgação