Parceria da Renault com a Daimler pode gerar novo fruto

Marca francesa admite que não teve sucesso com modelos de luxo e irá recorrer a parceria para desenvolver substituto do Latitude

Renault Latitude 2011 | Imagem: Divulgação

Parece que a parceria da Renault-Nissan com a Daimler pode ir além das novas gerações de Smart ForTwo e Renault Twingo. Carlos Ghosn, CEO do grupo franco-japonês, revelou a emissora de rádio Inter France que pretende desenvolver um novo modelo topo de linha em conjunto com o conglomerado alemão.

Ghosn admitiu que a marca francesa nunca teve êxito nesse segmento e para corrigir isso irá recorrer à aliança formada em 2010 para utilizar uma das plataformas da Mercedes e desenvolver veículos de segmentos superiores.

O novo topo de linha da Renault deve ser comercializado em diversos mercados onde a marca já atua e provavelmente substituirá os modelos Laguna e Espace, além do Latitudesedã de luxo fabricado pela Samsung Motors na Coréia do Sul. Ainda de acordo com Carlos Ghosn, o carro deve ser apresentado em 2014.

Frutos da parceria

O acordo de colaboração entre os dois conglomerados dará resultados já em 2013, quando serão apresentadas as novas gerações do Renault Twingo e Smart ForTwo. Os compactos devem compartilhar motores e diversos componentes internos.

Leia também: Brasil é o 2º maior mercado da Renault

Além disso, em 2014, a Mercedes e a Nissan devem começar a produzir motores de quatro cilindros a gasolina nos EUA, que irão impulsionar os carros da marca alemã e da Infiniti, divisão de luxo da fabricante japonesa.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!