Peugeot 308 chega em março com novo motor 1.6

Com 122 cv de potência e sistema de partida a frio, hatch médio gastará até 7% a menos de combustível

Peugeot 308 argentino | Imagem: Divulgação

O grupo Peugeot-Citroën e a Bosch apresentaram nesta terça-feira (13) em Porto Real, RJ, o novo motor EC5, que estreará a bordo do 308, hatch médio da Peugeot que chega ao país em março no lugar do 307.

Com 122 cv de potência, o 1.6 16V possui comando variável de válvulas e é, segundo a montadora, “o mais potente de sua classe”. Mas a maior novidade do motor é o sistema Flex Start desenvolvido em parceria com a Bosch. Com ele, o 308 dispensará o tanquinho de gasolina, recurso incômodo que é necessário para partidas em dias frios com etanol.

Para evitar isso, o Flex Start aquece o etanol por dez segundos assim que o motorista abre a porta do carro em dias com temperatura abaixo de 12º C. O processo foi batizado pela Bosch de “wake-up” (acordar em inglês). No entanto, não se trata de uma novidade já que a Volkswagen foi a primeira a introduzir a tecnologia no Polo E-Flex. Atualmente, a marca alemã equipa a versão Bluemotion do mesmo modelo, mas com produção bastante restrita. A Peugeot, ao contrário, usará o Flex Start em todas as versões do 308 e deve estender sua aplicação em outros modelos, com o tempo.

O 308 começou a ser produzido na Argentina há algumas semanas e divide plataforma com o sedã 408. Embora tenha sido lançado na Europa antes, o hatch médio acabou sendo preterido na América do Sul já que a versão sedã do 307 não agradou.

*Viagem feita a convite da PSA

Assine a newsletter semanal do AUTOO!