Peugeot acerta e opções 1.0 já representam 60% das vendas do 208

Produção no setor automobilístico no mês passado registrou o maior volume desde novembro de 2020
Peugeot 208 2023

Peugeot 208 2023 | Imagem: Divulgação

Ainda estamos longe de uma época de normalidade para as fabricantes, porém, ao menos no mês passado, tivemos um certo alívio para o setor no Brasil. 

Segundo os dados da Anfavea, foram produzidos em julho 218.950 veículos, número 7,5% superior em relação a junho e 33,4% na comparação com julho de 2021. 

A Anfavea acrescenta que, mesmo com a paralisação de quatro fábricas de suas associadas no mês passado, julho ainda registrou o nível mais alto de produção desde novembro de 2020. 

Havia, e ainda há, muitos veículos incompletos nos pátios das montadoras, apenas à espera de determinados itens eletrônicos. Esses modelos só entram na estatística de produção quando são totalmente finalizados, o que vem ocorrendo com maior frequência, e isso explica essa melhora no fluxo de produção nos últimos três meses. Ainda temos restrições de insumos e logística, como mostram essas paradas de fábrica, mas estamos recebendo mais semicondutores do que no ano passado e do que no primeiro trimestre deste ano”, detalha Márcio de Lima Leite, presidente da Anfavea. 

As vendas em julho foram de 181.994 unidades, segundo melhor mês do ano, atrás apenas de maio. Mas se consideradas as vendas por dia útil, julho teve a maior média de 2022, com 8,7 mil unidades licenciadas por dia, ante 8,5 mil de maio e junho, destaca a Anfavea em comunicado.  

Na comparação do total de vendas internas em julho, houve avanço de 2,2% sobre o mês anterior e de 3,7% sobre julho de 2021. No acumulado do ano, a defasagem ainda é de 12%, com 1,1 milhão de emplacamentos. 

Em julho, foram exportados 41,9 mil veículos, 11,4% a menos que em julho e 76,3% a mais que em julho de 2021. No total do ano, o volume de 288 mil unidades supera em 28,7% o resultado de igual período do ano passado, acrescenta a associação que reúne as fabricantes instaladas no Brasil. 

Peugeot e Nissan comemoram

A Peugeot e a Nissan também tiveram motivos para comemorar em julho. 

A marca japonesa registrou o recorde mensal de emplacamentos para o Kicks desde seu facelift apresentado em março de 2021, contabilizando 5.213 unidades chegando às ruas do país no mês passado. 

Também em julho, o Nissan Kicks foi o 8º automóvel de passeio mais vendido no Brasil, em ranking sem considerar os comerciais leves. 

A Peugeot, por sua vez, surfa na ótima aceitação dos catálogos com motor 1.0 aspirado para o 208. Estamos falando, no caso, das opções Like e Style, introduzidas em maio deste ano com preço partindo de R$ 79.990 à época. 

Peugeot 208 2023
Acima detalhe do Peugeot 208 com motor 1.0 Firefly de origem Fiat 
Imagem: Divulgação

De acordo com a marca, 60% dos emplacamentos do compacto ficaram por conta das versões com motor 1.0 Firefly de origem Fiat sob o capô. 

No acumulado do ano (janeiro a julho), a Peugeot emplacou 133% a mais que o mesmo período de 2021. Foram 17.885 unidades do hatch comercializadas, ou 10.195 veículos a mais. Quando comparado somente ao mês de julho, a alta na comercialização do modelo foi de 71% (Jul/22: 2.803 - Jul/21:1.637)”, salienta a marca francesa em comunicado. 

 

Peugeot 208 2023
Peugeot 208 2023
Imagem: Divulgação

Recomendados por AUTOO

Youtube
Choque de elétricos baratos

Choque de elétricos baratos

BYD Dolphin Mini ou Kwid E-Tech, quem leva a melhor nos modelos a bateria?
Aviação
Os novos porta-aviões da China e dos EUA comparados

Os novos porta-aviões da China e dos EUA comparados

Fujian e Gerald R. Ford são como forças aéreas móveis, capazes de se deslocar pelo mundo inteiro
MOTOO
5 motos 0km para comprar na faixa dos R$ 20 mil

5 motos 0km para comprar na faixa dos R$ 20 mil

Confira opções de modelos interessantes de Honda, Yamaha, Royal Enfield, Bajaj e Dafra