Primeiro híbrido da VW no Brasil, Golf GTE estreia por R$ 199.990

Modelo inicia a ofensiva de produtos elétricos e híbridos da VW no país
Volkswagen Golf GTE

Volkswagen Golf GTE | Imagem: Divulgação

Versão há muito tempo estudada para o país, finalmente o Volkswagen Golf GTE estreia no Brasil e torna-se o 14º lançamento da fabricante dentro de sua estratégia de renovação da gama, que prevê mais seis novidades até o fim de 2020. O Golf GTE também é o primeiro híbrido da marca no Brasil.

Com uma interessante proposta que mescla performance elevada e baixos níveis de consumo e emissões, o Golf GTE combina o motor 1.4 TSI com um propulsor elétrico para oferecer 204 cv de potência combinada e um torque máximo que pode alcançar 35,7 kgfm. De acordo com dados da VW, o Golf GTE acelera de 0 a 100 km/h em apenas 7,6 segundos e alcança 222 km/h de velocidade máxima.

A autonomia do Golf GTE pode ultrapassar os 900 km, mas a fabricante não revelou os dados de consumo do modelo. Por ser um híbrido plug-in, uma vantagem do Golf GTE é que sua bateria pode ser recarregada em uma tomada 220V ou estações do tipo wallbox, o que confere ao hatch uma autonomia de cerca de 50 km apenas no modo elétrico. A Volkswagen destaca que essa distância é suficiente para atender sete em cada 10 pessoas que vivem nos grandes centros urbanos.

Rodando sem o auxílio do motor térmico, o Golf GTE tem a velocidade máxima restrita em 130 km/h. O gasto com eletricidade para carregar completamente a bateria e trafegar com o Golf GTE sem consumir combustível é de aproximadamente R$ 5 na região Sudeste, explica a fabricante.

O Golf GTE estará disponível em três concessionárias da marca, em regiões estratégicas apontadas pela VW (Brasília, São Paulo e Curitiba) e de alto volume para esse produto, com preço sugerido de R$ 199.990. Bem equipado, o modelo traz recursos como o controle de cruzeiro adaptativo, painel de instrumentos digital, central multimídia com tela de 9,2” e controle por gestos, entre outros recursos.

Devido ao preço elevado, a Volkswagen importará um lote inicial de 100 unidades do Golf GTE, sendo que a versão baseada na oitava geração do hatch deve chegar ao Brasil em 2021, apenas. A marca anunciou uma “estratégia robusta para a eletrificação” nos países onde atua na América Latina, prometendo uma gama composta por seis modelos, entre híbridos e elétricos, até 2023. 

Volkswagen Golf GTE
Volkswagen Golf GTE
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!