Projeto 516: surgem novas informações sobre o futuro Jeep menor do que o Renegade

Modelo está confirmado para estrear globalmente em 2023 primeiramente com propulsão elétrica
Projeção de Kleber Silva para a versão final do projeto 516 baseada em flagra recente

Projeção de Kleber Silva para a versão final do projeto 516 baseada em flagra recente | Imagem: Kleber Silva/KDesign AG

Revelado há pouco mais de três meses ainda na forma de conceito, o futuro projeto 516 da Jeep é um modelo que, sem dúvida, merece nossa atenção. 

Cotado para utilizar o nome Jeepster, caberá a ele o título de primeiro modelo 100% elétrico da marca norte-americana. 

Considerando que sua estreia global está confirmada para o início de 2023, é natural que, na medida em que a produção na Polônia caminha para o seu início, alguns flagras da novidade passassem a circular pela internet. 

Uma imagem bastante reveladora do SUV divulgada no fórum italiano AutoPareri deixou transparecer alguns detalhes importantes sobre a novidade. 

Pela foto, é possível identificar que o modelo será muito parecido com o conceito apresentado no primeiro trimestre. 

Flagra revela que crossover de entrada da Jeep mudará pouco em relação ao conceito
Flagra revela que crossover de entrada da Jeep mudará pouco em relação ao conceito revelado no começo de 2022
Imagem: AutoPareri

Tomando como base a imagem vazada e as fotos já conhecidas do conceito, pedimos a ajuda do designer Kleber Silva para realizar uma montagem sobre como o produto final deverá chegar ao mercado, para tanto aplicando alguns elementos “reais” aos conjuntos de iluminação, entre outros pontos. 

O projeto 516 ou Jeepster, caso o nome venha a ser confirmado, foi desenvolvido sobre a plataforma eCMP, sendo que, para não fugir da tradição da marca e cumprir com seu apelo off-road, a configuração 100% elétrica deverá contar com o sistema de tração integral eAWD, posicionando um dos motores elétricos no eixo traseiro. 

Considerando que o crossover será menor do que o Renegade e, portanto, deverá ter um preço não tão elevado considerando a realidade do segmento, a Jeep também prepara um leque de conjuntos mecânicos mais acessíveis para a novidade. 

A expectativa é que as opções térmicas e com tração dianteira do projeto 516 contem ao menos com algum tipo de eletrificação híbrida-leve (MHEV) para reforçar a eficiência do conjunto. 

Dentro do portfólio da Stellantis como um todo, considerando que a Fiat traz para o mercado brasileiro o 500e, torna-se possível a Jeep também apostar na importação do crossover elétrico no futuro. Vamos acompanhar de perto!

Projeção de Kleber Silva para a versão final do projeto 516 baseada em flagra recente
Projeção de Kleber Silva para a versão final do projeto 516 baseada em flagra recente
Imagem: Kleber Silva/KDesign AG
Tags