Próxima geração do Corsa terá somente propulsão elétrica

Hatch vendido por Opel e Vauxhall, agora sob o Grupo PSA, não verá uma nova geração com motor a combustão
Acima o Corsa-e, variante elétrica do hatch compacto europeu

Acima o Corsa-e, variante elétrica do hatch compacto europeu | Imagem: Divulgação

Apesar de ter sido lançada há pouco tempo, a próxima geração do Corsa já está sendo planejada por Opel e Vauxhall, ambas fazendo parte do Grupo PSA. Stephan Norman diretor-geral da marca britânica afirmou ao site Autocar que a sexta interação do hatch não utilizará mais os motores de combustão interna.

Hoje, na quinta geração, Opel e Vauxhall Corsa já oferecem uma versão totalmente elétrica, o Corsa-e. No entanto, a próxima geração deverá ser exclusivamente elétrica: “Os compactos da próxima geração serão totalmente elétricos, eu realmente acredito nisso”, afirmou Norman.

A expectativa é que isso ocorra após 2025, levando em consideração a expectativa de vida da quinta e recém-lançada geração do Corsa. Mas, de acordo com o executivo da Vauxhall, a mudança será ligeira: “Uma vez que a decisão é tomada, a mudança ocorrerá incrivelmente rápido. Em 2025, nenhum fabricante oferecerá motores a gasolina ou a diesel”, disse Norman a respeito das maiores restrições de veículos de combustão interna nos grandes centros europeus.

Hoje, o Opel/Vauxhall Corsa em sua variante elétrica entrega 136 cv de potência e 26,6 kgfm de torque, conseguindo acelerar de 0 a 100 km/h em 8,1 segundos. De acordo com a marca, a carga de 80% das baterias, de 50 kWh, pode ser completada em apenas 30 minutos em estações de carregamento rápido.

Acima o Corsa-e, variante elétrica do hatch compacto europeu
Acima o Corsa-e, variante elétrica do hatch compacto europeu
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!