Quer um Fiat Uno usado? Então veja os prós e contras do hatch compacto antes de comprar

Com R$ 25 mil, é possível encontrar boas ofertas e com excelente custo-benefício
Fiat Uno 2017

Fiat Uno 2017 | Imagem: Divulgação

Depois de 26 anos de mercado sem ter ganhado nenhuma mudança radical, em 2010 o Fiat Uno finalmente foi totalmente reformulado incluindo a plataforma do Palio, porém com algumas adaptações ao então projeto 327.

VEJA TAMBÉM:

Também conhecido como Uno Evo, o hatch chegou em três versões: Vivace, Attractive, Way 1.0 e Way 1.4, todas com opções de duas e quatro portas. Na mais simples, o “único acessório de série” era o econômetro, que já equipava as versões Economy do Palio e antigo Mille (este último ainda era fabricado).

Por falar em economia, o 1.0 sofreu alterações para que ficasse mais econômico e mais silencioso. A potência 75 cv com etanol e 73 com gasolina e torque de 9,9 kgfm (etanol) e 9,5 kgfm (gasolina) eram satisfatórios para um hatch com pretensões urbanas. Se quisesse mais, podia optar pelo 1.4 (88/85cv e 12,5/12,4 kgfm).

Na lista de equipamentos, nem mesmo direção hidráulica e ar-condicionado estavam presentes nas versões mais caras, assim como freios ABS e dois airbags (motorista e passageiro da frente) que passaram a ser de lei a partir de 2014 com a obrigatoriedade.

Com 3,77 metros de comprimento, 1,63 metros de largura e 1,48 metros de altura, o Uno Evo ficou 8 cm mais comprido, 9 cm mais largo e 2 cm mais alto que o Mille. Por outro lado, o porta-malas é menor (280 litros) comparado ao antigo hatch (290), mas que pode ser compensado com o ajuste mais vertical do encosto traseiro, recuperando os “10 litros perdidos”.

Essa geração do Uno foi fabricada até 2021 com alguns importantes avanços como a chegada da esportiva Sporting 1.4 (linha 2011), 1.4 Economy (linha 2012), além das séries especiais Itália (2013), Interlagos (2013), Xingu (2013), College (2014), Rua (2014), Rio 450 (2015), Blue Edition (2016) e claro, a versão de despedida Ciao em 2021 e limitada a 250 unidades.

Não podemos nos esquecer das seguintes versões: comercial Furgão 1.0 e 1.4 (2014), Evolution com sistema start-stop já da linha 2015 reestilizada e do câmbio automatizado Dualogic que em 2018 ganhou o nome GSR e passou a ser operado por botões. Entre os motores, a novidade ficou só com a renovada linha 2017 quando recebeu os novos Firefly 1.0 de três cilindros (77/72 cv) e 1.3 de quatro cilindros (109/101 cv). A direção elétrica (de série em todas as versões) e controle de estabilidade (de série nas 1.3 Dualogic e opcional nas demais) também passaram a fazer parte da novidade na linha.   


PONTOS QUE MERECEM ATENÇÃO 

Fiat Uno 2017
Fiat Uno tem interior simples, mas com volante multifuncional e sistema de som com bluetooth e entrada USB
Imagem: Divulgação
  • Acabamento

Tudo bem que estamos falando de um carro popular e não dá para exigir muito, mas o excesso de plásticos dessa geração “Evo” é algo que incomoda demais. Até o bagagito, o famoso popular “tampão” do porta-malas é feito de plástico. Por conta disso, o excesso de barulhos é inevitável.

  • Ar-condicionado

Além de reclamações quanto a dificuldade de gelar o habitáculo, outro problema bem comum é a entrada de água por dentro do veículo, resultado do acúmulo do líquido que se acumula pelo evaporador do sistema de refrigeração. Por isso, leve o carro até um especialista para ver se o ar-condicionado não apresenta este defeito.

  • Câmbios: manual e automatizado

Bastante impreciso, alguns donos relatam dificuldade nas trocas, ruídos e até quebras no caso dos tipos de transmissão manual. Já os automatizados Dualogic, câmbio desenvolvido pela FPT - Powertrain Technologies, o caso é ainda mais delicado. Além da imprecisão no uso, por conter mais tecnologia empregada, o custo de reparo não é nada barato.

  • Bateria

A bateria também é um “calcanhar de Aquiles” do Fiat Uno. A durabilidade é curta e muitos donos chegaram a comentar mais de uma troca em modelos com baixa quilometragem e com menos de um ano de uso na época. A dica nesses casos é consultar um eletricista automotivo para uma possibilidade de uma bateria de maior amperagem. 

  • Recall

Fique atento se o modelo pretendido já passou pelos seguintes recalls: atualização da ECU e troca de bomba de combustível (ano-modelo 2016-2017), troca do alternador (2016-2017), caixa de marchas (2017), bobina de ignição (206-2017), atualização do software da chave de seta (2014 a 2018) e trocas dos airbags (2010 a 2018), relés dos sistemas de ignição e injeção (2018 e 2019), sensor de seleção de marchas (2017 e 2018) e bomba de combustível (2021).

Caso alguns destes reparos ainda não tenham sido realizados, basta acessar www.fiat.com.br ou contatar a Central de Serviços ao Cliente Fiat pelo WhatsApp (31) 2123 6000 ou pelo telefone 0800 707 1000.

 

MELHORES E PIORES UNIDADES PARA COMPRAR

Fiat Uno 2017
Fiat Uno tem lanternas elevadas e toda simplicidade do modelo compacto da marca italiana
Imagem: Divulgação

O Uno é um daqueles carros puramente racionais, mas que tem o seu charme. Além de bonito, barato e econômico - principalmente a Economy 1.4 fazendo 12,5 km/l na cidade e 12,9 km/l na estrada, as peças são baratas. Por outro lado, pesam contra o alto índice de roubos e furtos, acabamento, barulhos internos e câmbio com difícil engate, sobretudo o temido Dualogic. Portanto, evite essa opção!

Com todos os pontos fortes e fracos do modelo, sugerimos justamente a versão citada anteriormente Economy 1.4. Além de mais econômica, obviamente o desempenho é superior a 1.0 Economy. Os valores partem de R$ 35 mil.

Abaixo disso, podemos sugerir a Way 1.4 2011  - com suspensão elevada e pneus de uso misto - com valores médios de R$ 30 mil. Dependendo da unidade, é possível levar ar-condicionado, direção hidráulica, travas elétricas, vidros dianteiros elétricos, freios ABS com EBD e airbag para motorista e passageiros. 

Siga o AUTOO nas redes: Instagram | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

 


 
 

Fiat Uno 2017

Fiat Uno 2017

Recomendados por AUTOO

Youtube
Nova Chevrolet Spin 2025

Nova Chevrolet Spin 2025

Minivan renovada quer fazer frente aos quase SUVs do mercado
Aviação
Argentina terá caças F-16

Argentina terá caças F-16

Jato supersônico é rival do Saab Gripen, da Força Aérea Brasileira. Veja quantos aviões nossos vizinhos compraram
AUTOO
Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Acompanhe as notícias sobre automóveis do site de forma mais rápida e prática!