Renault deve apresentar SUV elétrico ainda em 2020

Depois do Kwid elétrico, marca francesa deve adentrar o segmento dos utilitários esportivo com propulsão alternativa
Detalhe do híbrido Renault Captur E-Tech Plug-in

Detalhe do híbrido Renault Captur E-Tech Plug-in | Imagem: Divulgação

Há pouco tempo, a Renault deu dois passos importantes para a eletrificação de sua linha de produtos. Um deles foi a apresentação de uma atualização para o Zoe, o carro 100% elétrico da marca que ganhou mais tecnologia e autonomia. O outro foi a estreia do K-ZE, o Kwid elétrico, para os mercados asiáticos. Agora, a Renault deverá apresentar na Europa até o final de 2020 seu primeiro SUV elétrico.

De acordo com o site francês L’Argus, o modelo ainda não tem nome comercial definido, mas deverá utilizar a plataforma dedicada a elétricos da Renault, chamada de CMF-EV. A arquitetura foi utilizada pelo conceito Morphoz no começo do ano e a novidade estava programada para ser exibida no Salão de Paris (FRA), antes de o evento ter sido postergado. Então, a publicação acredita que o lançamento deverá ocorrer mesmo entre o final de setembro e o começo de outubro de 2020.

Internamente, o projeto é conhecido apenas como “BCB” e deve ser maior que o Kwid elétrico. Seu porte deverá ficar ligeiramente abaixo do Renault Captur europeu, menor que o brasileiro por utilizar a plataforma do Clio por lá, não a do Duster como o modelo oferecido por aqui.

Os dados de motorização ainda não são conhecidos, mas a publicação francesa especula que o novo utilitário esportivo elétrico da Renault possa oferecer entre 550 km e 600 km de autonomia nas configurações mais caras. O SUV deverá ter sua produção realizada na planta francesa de Douai, no norte da França, onde hoje são feitos modelos como Espace, Scenic e Talisman.

Acima o híbrido Renault Captur E-Tech Plug-in
Acima o híbrido Renault Captur E-Tech Plug-in
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!