Renault garante novo SUV e motor 1.0 turbo no Brasil

Fabricante confirma investimento de R$ 2 bilhões no país
Projeção do site Kolesa antecipando o futuro SUV nacional da Renault

Projeção do site Kolesa antecipando o futuro SUV nacional da Renault | Imagem: Kolesa/Nikita Chuiko

Em anúncio que contou com a presença do governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior, além de Luiz Fernando Pedrucci, presidente da Renault América Latina, e Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil, a marca francesa oficializou nesta quinta-feira (30) seu novo investimento de R$ 2 bilhões no Brasil. 

O aporte, como já havia sido explicado pela Renault, irá viabilizar a nacionalização da plataforma CMF-B, a mais moderna da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi para veículos compactos, bem como a produção local do motor 1.0 turbo com injeção direta, que será aplicado em futuros modelos da empresa por aqui. 

Sobre a plataforma CMF-B, a Renault vai produzir no Paraná um inédito crossover compacto, até o momento conhecido como projeto HJF e com estreia prevista, segundo apurações extraoficiais, para 2024.

O HJF será movido pelo motor 1.0 turbo nacional, o qual deverá trabalhar em conjunto com uma caixa automática CVT. 

VEJA TAMBÉM:

O modelo é apontado como o sucessor do Renault Stepway na Europa e vai posicionar a marca por aqui na mesma categoria de VW Nivus, Fiat Pulse, entre outros modelos semelhantes. A aposta do HJF vai residir na cabine ampla e confortável para 5 pessoas aliada a um bom porta-malas, claro que tudo isso considerando o porte da novidade. 

Interessante destacar que o comunicado da Renault desta quinta-feira salienta que a nacionalização da plataforma CMF-B “permite a chegada de novos produtos no futuro, bem como uma eventual eletrificação”. Logo, fica aberta a possibilidade para a marca apostar em algum modelo híbrido feito em solo nacional.  

Vale lembrar que, com as recentes apresentações da Oroch 2023 e do Kwid E-Tech, a Renault cumpriu seu último ciclo de investimentos de R$ 1,1 bilhão, o qual havia sido anunciado em março de 2021.  

Além dos modelos citados acima, a cifra pavimentou a chegada do Zoe E-Tech 100% elétrico ao mercado, além do Captur com motor turbo 1.3 turbo flex ainda em 2021. A eles somaram-se os novos Kwid, Master e aprimoramentos para o Duster, como a opção do propulsor 1.3 TCe.  

Projeção do site Kolesa antecipando o futuro SUV nacional da Renault
Projeção do site Kolesa antecipando o futuro SUV nacional da Renault
Imagem: Kolesa/Nikita Chuiko