Saiba quais são as versões mais desejadas entre os carros mais vendidos do Brasil

Confira os catálogos que lideram a preferência dos consumidores na hora da compra
Volkswagen Gol 2022

Volkswagen Gol 2022 | Imagem: Divulgação

A tarefa de escolher um automóvel não é algo simples e, para muita gente, uma vez definido o veículo escolher qual versão comprar pode ser algo tão desafiador quanto.

Para ajudar a esclarecer essa questão, vale a pena ficarmos ligados nos movimentos do mercado, uma vez que as versões mais selecionadas pelos consumidores podem, inclusive, nos ajudar a ter uma ideia da liquidez do veículo escolhido pensando na hora da revenda alguns anos depois.

Para tanto, tomando como base dados oficiais até o fechamento de setembro, o AUTOO preparou um levantamento onde aponta quais foram os catálogos que ganharam a preferência do público nos mês em questão reunindo os automóveis e comerciais leves que lideram as vendas até o momento.

Vamos, então, aos números:

Fiat Strada 

A picape compacta da Fiat lidera com muita folga o ranking de automóveis de passeio e comerciais leves mais vendidos do país. Até outubro, o modelo soma 91.517 emplacamentos.

Com participação de pouco mais de 30% nas vendas, a versão de entrada Endurance cabine simples lidera a preferência dos consumidores que optaram pela picape.

Vale destacar que as opções mais baratas da nova Strada contam com prazos de entrega menores, enquanto os catálogos completos podem contar com cerca de 6 meses de fila de espera, reflexo da falta de componentes que abala toda a cadeia produtiva.

Atualmente, a Strada Endurance cabine simples parte de R$ 85.890 e já traz de série os controles de tração e estabilidade, suspensão elevada, direção hidráulica, ar-condicionado, entre outros. 

Fiat Argo 

Em uma batalha “carro a carro” com o Hyundai HB20, o Fiat Argo soma no acumulado até outubro 73.807 unidades vendidas contra 72.998 do Hyundai.

Assim como observado na Fiat Strada, as versões de entrada do Argo dominam a procura do público.

Com 67,7% de participação nos emplacamentos em setembro, o catálogo mais acessível, chamado apenas de “1.0 Flex”, lidera as vendas do hatch compacto.

Hoje a opção é tabelada em R$ 67.290 na maior parte do território nacional e traz apenas os equipamentos de segurança e conforto essenciais, como ar-condicionado, direção elétrica, travas e vidros elétricos.

Os controles de tração e estabilidade figuram em um pacote opcional (R$ 770) para o Argo 1.0.

Hyundai HB20 

No caso do Hyundai HB20 notamos uma pequena diferença de comportamento do público em relação ao Fiat Argo.

Na gama Hyundai, a versão que lidera a procura dos consumidores, com 38,6% de participação em setembro, foi a Vision, que traz motor 1.0 aspirado, câmbio manual e é tabelada em R$ 67.290.

Ela destaca-se por já oferecer de série os controles de tração e estabilidade, além de 4 airbags.

O HB20 Vision conta ainda com central multimídia, portanto oferecendo ótimo compromisso de custo-benefício entre os hatches compactos mais acessíveis.

A gama conta ainda com a versão Sense (R$ 64.190), porém ela traz apenas rádio de série, mas preserva os controles de tração e estabilidade de fábrica.

Jeep Renegade 

SUV mais vendido no Brasil até o momento, o Jeep Renegade soma 65.401 emplacamentos.

Desse total, 39,9% correspondem ao catálogo Sport com motorização 1.8 flex. Praticamente empatada, a versão Longitude flex responde por outros 38,9% das vendas do SUV.

O Renegade Sport flex custa hoje R$ 109.990, contemplando como itens de série o ar-condicionado, central multimídia com câmera de ré, rodas de liga leve aro 17”, entre outros.

A opção Longitude flex, por sua vez, tem preço sugerido de R$ 129.990 e acrescenta ar-condicionado automático digital com 2 zonas, central multimídia com tela de 8,4”, bancos com revestimento parcial de couro, rodas de liga leve aro 18”, apenas para destacar os principais itens.

Fiat Mobi

Voltando à gama Fiat, o subcompacto de entrada Mobi é o 5º veículo mais vendido no Brasil e totaliza 62.473 emplacamentos até outubro.

Com nível de equipamentos mais equilibrado, a versão intermediária Like responde por 77% das vendas do hatch.

O Mobi Like é tabelado em R$ 56.990 e sai de fábrica com ar-condicionado, direção hidráulica, suspensão elevada, travas e vidros elétricos, computador de bordo, entre outros.

Fiat Toro 

De janeiro a outubro deste ano, exatos 59.854 brasileiros escolheram a Fiat Toro para estacionar na garagem de casa.

Com uma procura equilibrada entre as versões, a opção Ranch (R$ 195.990) respondeu por 20,5% dos emplacamentos, seguida pelo catálogo Volcano, também com motorização 2.0 turbodiesel, com outros 18,3% de participação.

Completa, além do câmbio automático de 9 marchas e sistema de tração integral, a Toro Ranch contempla o pacote de assistente de condução composto por alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência, comutação automática do farol alto e assistente de permanência em faixa. 

Jeep Compass 

Segundo SUV a figurar no ranking dos veículos mais vendidos no Brasil até o momento, o Jeep Compass responde por 58.968 emplacamentos até o mês passado.

Liderando com folga o mix de vendas do SUV médio está a opção Longitude com o motor 1.3 turbo flex sob o capô. Ela é a escolha de cerca de 38% dos consumidores que optam pelo Compass.

Hoje em dia o Compass Longitude T270, como é formalmente conhecido, custa R$ 166.990 e traz de série 6 airbags, central multimídia com tela de 10,1”, revestimento interno de couro, faróis full-LED, sensor de chuva, sensor de estacionamento, entre outros recursos.

Chevrolet Onix

Modelo pesadamente abalado pela falta de chips semicondutores, o Chevrolet Onix caiu do topo do ranking de vendas para a 8ª posição até o momento, com 52.778 unidades vendidas entre janeiro e outubro.

Na nova geração do hatch, a opção LT 1.0 aspirada com câmbio manual é, de longe, a mais buscada pelos consumidores, com uma participação que gravita nos 40% dos emplacamentos.

Com preço equivalente ao Hyundai HB20, o Onix LT traz como itens de série os 6 airbags, controles de tração e estabilidade, além da central multimídia, formando, portanto, um bom conjunto.

Hyundai Creta 

Modelo que estreou sua nova geração neste ano, curioso que o Hyundai Creta mais procurado no momento é o Action 1.6 automático, com 54% das vendas. A opção ainda é baseada na primeira geração produzida no Brasil e figura como a opção de entrada do SUV, sendo tabelada hoje em R$ 97.990.

Entre as versões da nova geração, a Limited é a que está ganhando mais destaque junto ao público, com 22,7% de participação no mix de vendas do Creta 2022. Ela conta com motor 1.0 turbo e custa R$ 123.690.

Segundo SUV compacto mais vendido no Brasil, o Hyundai Creta soma 52.627 emplacamentos até o mês passado.

Volkswagen Gol

Fechando a lista dos 10 automóveis e comerciais leves mais vendidos até o momento no Brasil, o Volkswagen Gol registra 51.039 unidades vendidas no acumulado de 2021.

Como ocorre com os demais hatches, o catálogo com motor 1.0 responde por mais de 76% das vendas do Gol.

Hoje ele é tabelado em R$ 67.790, portanto mais caro em relação ao HB20 Vision, e não traz os controles de tração e estabilidade de série, bem como sequer é equipado com um rádio convencional.

Volkswagen Gol 2022

Volkswagen Gol 2022

Acima o Fiat Mobi em sua versão de entrada Easy

Acima o Fiat Mobi em sua versão de entrada Easy