Sem componentes, Peugeot para de oferecer painel digital

Escassez global de chips está afetando a produção do antigo 308 na Europa. Equipamento é o mesmo usado no 208 nacional
Acima o atual Peugeot 308 vendido na Europa

Acima o atual Peugeot 308 vendido na Europa | Imagem: Divulgação

Quando a Peugeot lançou o novo 208 no Brasil em 2020, um de seus maiores atrativos era o painel de instrumentos digital com efeito tridimensional. O equipamento também era oferecido na Europa no antigo 308 e foi repaginado para a nova geração do hatch, que foi apresentada no mês passado e ainda está nos estágios iniciais de produção, convivendo com a antiga.

No entanto, o 308 anterior tem um equipamento similar ao do nosso 208. Porém, as últimas unidades do modelo europeu perderão o painel digital. Um porta-voz da Peugeot afirmou à agência Reuters que a escassez de componentes eletrônicos, como chips, está afetando o ritmo de produção da marca por lá.

Dessa forma, o 308 antigo será montado apenas com o conjunto analógico convencional para as últimas unidades que serão fabricadas na Europa. Segundo a fonte confirmou à publicação, "é uma forma engenhosa de driblar esse grande problema que é a ‘crise dos chips’ no mercado global”. Assim, a produção não precisaria parar.

Vale lembrar que o novo 308 tem um painel digital diferente e não será afetado. Quanto ao atual equipamento, a Peugeot estaria reservando os componentes eletrônicos que tem para montar os painéis digitais para os modelos mais populares e rentáveis de seu catálogo, como o 3008. Para o Brasil, que recebe o 208 feito na Argentina, ainda não há indícios de que a falta de componentes já tenha atingido a nova geração do hatch

Interior do novo Peugeot 208 argentino
Painel digital do 308 é similar ao do nosso 208 (foto)
Imagem: Divulgação