Sucessora da Montana: GM confirma nova picape em São Caetano do Sul (SP)

Novidade está inserida dentro do atual ciclo de investimentos da marca de R$ 10 bilhões
Projeção de Kleber Silva para a sucessora da Montana: picape será uma rival da Toro

Projeção de Kleber Silva para a sucessora da Montana: picape será uma rival da Toro | Imagem: Kleber Silva/KDesign AG

Notícia relevante foi revelada pela GM na manhã desta segunda-feira (10). A fabricante confirmou que vai produzir um novo modelo em sua sede localizada em São Caetano do Sul (SP).

De acordo com a empresa, “o produto é uma das novidades do atual ciclo de investimento da empresa a ser aplicado até meados da década no Estado de São Paulo. São R$ 10 bilhões para a renovação do portfólio e para o desenvolvimento de novas tecnologias”. 

Ainda sem entrar em detalhes sobre a novidade, a GM antecipou que trata-se de uma picape para complementar a linha Chevrolet no Brasil, a qual “vai estrear um conceito completamente inovador para a marca no segmento de veículos utilitários”, pontua Carlos Zarlenga, presidente da GM América do Sul, em comunicado da marca. 

A picape está neste momento em fase de desenvolvimento e será o próximo integrante da nova família de veículos globais da Chevrolet, já composta pelas atuais gerações de Onix, Onix Plus e Tracker. Um dos objetivos da GM com o futuro veículo é o de ampliar a presença da marca Chevrolet no próspero segmento de picapes, contribuindo ainda para o fortalecimento de outros produtos estratégicos para a empresa no mercado, como a S10”, acrescenta a GM. 

A fabricante detalha que para receber o futuro modelo da Chevrolet, a linha de montagem da fábrica de São Caetano do Sul será preparada em várias etapas, no intuito de minimizar os impactos na produtividade do complexo. A primeira fase está prevista para iniciar logo nas próximas semanas. “Mesmo tendo alcançado elevado nível tecnológico dentro do conceito da indústria 4.0, a fábrica de São Caetano do Sul vai receber ferramentais específicos, que precisarão ser instalados e devidamente implementados para iniciar a montagem do veículo inédito. Está prevista ainda uma completa readequação no fluxo fabril do complexo, além da capacitação dos empregados”, salienta a GM. Ainda de acordo com a empresa, parte da produção do novo modelo será exportada para mercados estratégicos da GM na região. 

Nosso palpite: a sucessora da Montana 

Analisando o conteúdo do anúncio da GM realizado nesta segunda-feira, tudo leva a crer que a nova picape que será produzida em São Caetano do Sul é a sucessora da Montana. A picape atual, ainda derivada do projeto do Agile, é fabricada na planta localizada no Grande ABC paulista.  

Agora tomando como base a mesma plataforma GEM do SUV compacto Tracker e também aplicada no Onix e Onix Plus, a evolução da Montana deverá posicionar a Chevrolet no segmento de picapes compactas-médias, como a Fiat Toro e a Renault Duster Oroch. 

Vale destacar que o Tracker já é produzido em São Caetano do Sul, portanto o SUV compacto e a inédita picape da Chevrolet deverão compartilhar muitos elementos, inclusive detalhes mecânicos como a motorização. Devido à proposta da novidade, é provável que ela conte com o motor 1.2 turbo sob o capô possivelmente até recalibrado para conferir maior capacidade de carga para a picape. A conferir futuramente.  

Considerando as adaptações que a GM terá de concluir em São Caetano do Sul, a previsão é que a sucessora da Montana faça sua estreia no ano que vem.  

Detalhe da linha de produção da GM em São Caetano do Sul (SP)
Detalhe da linha de produção da GM em São Caetano do Sul (SP)
Imagem: Divulgação