Toyota alcança 25 mil híbridos flex vendidos no Brasil

Tecnologia pode ser encontrada no Corolla e no Corolla Cross, ambos produzidos localmente
Toyota Corolla Cross 2022

Toyota Corolla Cross 2022 | Imagem: Divulgação

Surpreendendo pela boa aceitação, os modelos híbridos flex nacionais da Toyota conquistaram neste mês um feito importante: a marca japonesa alcançou 25 mil unidades comercializadas no Brasil de modelos com essa tecnologia.

Atualmente o conjunto propulsor híbrido flex da Toyota é oferecido tanto no Corolla quanto no Corolla Cross.

No caso do sedã, a participação em vendas das configurações eletrificadas já alcança 22% dos emplacamentos, superando a previsão da marca, que esperava um mix de 15% a 20%. Atualmente o Corolla mais acessível com a motorização híbrida flex custa R$ 166.190.

Já no portfólio do Corolla Cross, a opção híbrida flex está recebendo uma procura ainda maior, representando 32% das vendas do SUV. No caso do modelo em questão, seu catálogo híbrido flex mais acessível é o XRV Hybrid, que tem preço sugerido de R$ 185.790 na maior parte do território nacional.

Segundo a marca japonesa, o total de híbridos flex comercializados no Brasil ajudou a evitar que, aproximadamente, 5.870 toneladas de CO2 fossem emitidas na atmosfera nos últimos 24 meses. 

Considerando o portfólio completo de veículos eletrificados da fabricante (que incluem os modelos RAV4, Prius e Lexus), o número chega a 13.500 toneladas de CO2. O valor de referência foi extraído do relatório de emissões veiculares do Estado de São Paulo, emitido pela CETESB, que considera o seguinte cenário: porcentagem de consumo de gasolina utilizada pelos proprietários/usuários de veículos flex (que é igual a 40%) e quilometragem média anual percorrida por eles (de cerca de 13.000 km a 14.000 km por ano). 

Saiba mais
Toyota Corolla ou Corolla Cross: qual é a melhor escolha?

Única marca que produz no Brasil veículos de passeio eletrificados, a Toyota é responsável por cerca de 58% das vendas de automóveis com este tipo de propulsão no país, considerando os dados entre janeiro e setembro de 2021, de acordo com levantamento da Anfavea. O resultado é fruto da ótima receptividade do Corolla e do Corolla Cross no mercado. 

O SUV médio é, inclusive, o veículo eletrificado mais vendido no Brasil atualmente. 

O sistema de propulsão eletrificada presente no Corolla e no Corolla Cross foi o primeiro no mundo a aceitar tanto etanol quanto gasolina, bem como a mistura de ambos em qualquer proporção, e contou com o desenvolvimento das equipes de engenharia da marca no Brasil e no Japão. 

O sistema mescla o motor 1.8 16V flex com outros dois propulsores elétricos, alimentados por meio de um sistema de freios regenerativos, que acumulam a energia cinética gerada pelas frenagens e a transforma em energia elétrica, sem a necessidade de uso de fontes externas. 

Tanto no Corolla como no Corolla Cross o conjunto propulsor entrega 122 cv de potência combinada e trabalha combinado a uma caixa automática CVT especialmente projetada para o sistema eletrificado. Com gasolina, o Corolla Cross é capaz de entregar consumo médio oficial de 17 km/l na cidade e 13,9 km/l na estrada. 

Segundo estudo da UNICA, União da Indústria de Cana-de-Açúcar, um automóvel flex híbrido gera até 78% menos CO2 se comparado com um veículo flex convencional. Quando comparado com a gasolina, a emissão de CO2 é até 90% menor. 

Toyota Corolla Cross 2022
Toyota Corolla Cross 2022
Imagem: Divulgação