Não, o Volkswagen Fox não é uma novidade e está longe de oferecer o conjunto mais moderno entre os hatches compactos. Além disso, sequer sabemos por quanto tempo mais a Volkswagen o manterá em linha, sabendo que o segmento está repleto de alternativas mais recentes, como é o caso do próprio Polo para quem quer se ater à linha Volks.

Mas uma rápida passada de olhos pela tabela de preços da Volkswagen, e realizando uma breve comparação com o que você encontra hoje na categoria, fica fácil entender porque o Fox ainda mantém um volume de vendas respeitável, figurando na 14ª colocação no ranking do Autoo neste ano. Ele vende menos do que os primos Polo e Gol, mas ainda consegue se manter à frente de modelos como Renault Sandero e Toyota Yaris, por exemplo.

Já com vários anos de mercado e um projeto que praticamente só gera lucro, a Volkswagen consegue uma flexibilidade bem maior na precificação do Fox, e a montadora foi muito competente em saber trabalhar com isso, para dar uma sobrevida ao hatch no país. Durante o lançamento do T-Cross, o Autoo teve a oportunidade de perguntar ao presidente da Volkswagen para a América do Sul, Pablo Di Si, sobre o futuro do Fox. “O Fox segue em produção normalmente, mesmo após a introdução do T-Cross em São José dos Pinhais (PR), o que não afeta em nada a produção do hatch. Ele é um modelo muito importante para nossos concessionários e, enquanto mantiver essa procura, seguirá em linha”, nos explicou o principal executivo da montadora alemã no país.

Com essa perspectiva animadora para o Fox, resolvemos avaliar o hatch em sua linha 2019, que conta com duas versões. A topo de linha é a Xtreme, tabelada em R$ 56.090, mas a opção de entrada Connect é a de maior apelo, já que hoje tem preço sugerido de R$ 50.990 com câmbio manual de 5 marchas ou R$ 54.490 com a transmissão automatizada. A única opção de motor para o Fox é o conhecido 1.6 com até 104 cv com etanol.

 

O Fox Connect sai de fábrica com um pacote muito convidativo, contemplando os principais itens que grande parte dos consumidores deseja encontrar em um carro novo, com destaque para a central multimídia com suporte aos sistemas de espelhamento Apple CarPlay e Android Auto, rodas de liga leve aro 15”, computador de bordo, piloto automático, volante multifuncional, trio elétrico, ar-condicionado, sensor de estacionamento traseiro, direção elétrica, entre outros.

O Fox Xtreme, por sua vez, traz um visual externo mais esportivo, peculiaridade que também notamos no interior com teto preto. Ele também recebe nessa versão o reforço de itens como rodas de liga leve aro 16” e câmera de ré. Só vale a pena optar pelo Fox em seu catálogo mais caro se você não abrir mão do refinamento estético dessa versão, caso contrário a opção mais acessível já é uma excelente pedida.  

Para colocarmos em perspectiva como o custo-benefício do Fox Connect é competitivo, basta citar que um Hyundai HB20 1.0 com central multimídia custa R$ 48.990 e, além do motor de menor deslocamento, também fica devendo muitos equipamentos de conforto e estilo que são de série no Fox Connect. Seguindo o mesmo raciocínio, um Chevrolet Onix LT, quando equipado com central multimídia e sensor de estacionamento, tem valor tabelado em R$ 49.590, porém com motor 1.0. Entenderam o motivo pelo qual o Fox desponta hoje como uma ótima compra?

Não bastasse o preço agressivo de sua versão Connect 1.6 manual, o Fox ainda é um modelo com muitas características positivas intrínsecas ao seu projeto, como o bom aproveitamento do espaço interno e a cabine com um nível de acabamento e montagem tão aceitáveis quanto o visto em seus concorrentes. Vamos lembrar que, no início dos anos 2000, quando chegou ao mercado, o Fox se destacava pela singularidade de sua proposta, que valorizava a altura da carroceria para ampliar o espaço para os passageiros. O porta-malas de 270 litros, por sua vez, está na média para o segmento.

Ao volante o Fox também é um modelo muito bem resolvido. O motor 1.6 com 2 válvulas por cilindro é o propulsor mais “raiz” hoje dentro da gama VW. Famoso por sua robustez, ele é fácil e barato de manter e não deixa de conferir boa eficiência ao hatch. O Fox 1.6 manual registra parciais de até 11,6 km/l na cidade e 13,9 km/l na estrada, ambas com gasolina, e considerando a versão Connect. No caso do Fox Xtreme manual, por conta das rodas com maior diâmetro, o consumo aumenta ligeiramente, ficando em 11,3 e 13,3 km/l, respectivamente.

Capaz de acelerar de 0 a 100 km/h na casa de 10,5 segundos, o Fox 1.6 manual comporta-se de uma maneira muito neutra e confortável ao volante, com a vantagem dos engates suaves, precisos e rápidos que a famosa caixa manual de 5 marchas da VW proporciona. Nem é preciso comentar que, graças ao motor de maior deslocamento, no Fox você encontra acelerações e retomadas bem mais rápidas do que na maioria dos hatches compactos 1.0 aspirados que atuam na faixa de R$ 50.000.

Apesar da oferta do câmbio automatizado, é interessante você fazer um bom test-drive para ver saber esse tipo de transmissão lhe atende em termos de comportamento dinâmico. Por se tratar de um sistema mais simples em relação a um câmbio automático convencional, ele não entrega a mesma suavidade de operação, ficando famoso pelos “soluços” a cada troca de marcha. Cada um tem suas preferências, porém recomendamos, no caso do Fox, ficar mesmo com a excelente caixa manual que ele oferece. Se a Volkswagen se animasse em oferecer também o câmbio automático de 6 marchas para Fox, teríamos uma opção e tanto na categoria, mas parece que o foco da marca com essa combinação mecânica reside mais no Gol e no Polo.

O Fox dá sinais da idade mais avançada ao não oferecer recursos avançados de segurança, como os controles de estabilidade e tração, sequer como opcionais, mas, fora isso, é um modelo que não fica devendo nada para hatches com porte semelhante. Se você não faz tanta questão de estacionar na garagem de casa o que há de mais recente na categoria, preza pela racionalidade e espera um bom custo-benefício na hora de comprar o seu próximo automóvel, poucos modelos conseguirão lhe atender tão bem quanto o VW Fox 2019. Pelo conjunto que ele entrega, ainda vale muito a pena considerar a compra do Fox por cerca de R$ 50.000.    

 
 
Volkswagen Fox 2018
 
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
 
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
 
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
 
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
 
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
 
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
 
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
 
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
 
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
 
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
 
Volkswagen Fox 2018
Volkswagen Fox 2018
 
 

 

Ficha técnica

Volkswagen Fox 2019 Connect 1.6 8V flex manual 4p
Preço R$ 50.990 (03/2019)
Categoria Hatch compacto
Vendas em 2017 40.370 unidades
Motor 4 cilindros, 1598 cm³
Potência 101 cv a 5250 rpm (gasolina)
Torque 15,4 kgfm a 2500 rpm
Dimensões Comprimento 3,868 m, largura 1,66 m, altura 1,552 m, entreeixos 2,467 m
Peso em ordem de marcha 1061 kg
Tanque de combustível 50 litros
Porta-malas 270 litros
Veja ficha completa

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/