A BMW anunciou nesta segunda-feira (7) um aprimoramento interessante para tornar a gama X2 mais competitiva no Brasil.

A partir de agora todas as versões do crossover passam a aceitar também etanol, gasolina ou a mistura de ambos em qualquer proporção. Até então apenas o X2 sDrive18i GP (R$ 191.950), versão de entrada do modelo no Brasil e que conta com o 1.5 de 3 cilindros sob o capô, aceitava os dois combustíveis.

Com isso, as configurações intermediária e topo de linha do BMW X2, no caso a sDrive20i GP, tabelada em R$ 211.950, e a X2 sDrive20i M Sport X, que tem valor sugerido de R$ 246.950, passam a contar com o propulsor 2.0 turbo flex com injeção direta, que entrega 192 cv e 28,5 kgfm de torque. Trabalhando em conjunto com o câmbio automático de 8 marchas, o propulsor consegue levar o X2 de 0 a 100 km/h em apenas 7,7 segundos e até 225 km/h de velocidade máxima.

O BMW X2 mede 4,36 metros de comprimento, 1,82 m de largura, 1,52 m de altura, e 2,67 m de distância entre eixos. A capacidade do porta-malas é de 370 litros, podendo ser ampliada para 1.255 l com os bancos traseiros rebatidos.  

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/