A luz amarela está acesa nos corredores da sede da Volkswagen já há algum tempo. Depois de retomar espaço no segmento de compactos com o Gol G5 e seus derivados – a picape Saveiro e o sedã Voyage -, a montadora alemã suporta agora o contra-ataque da Fiat.

E que contra-ataque. A montadora italiana acertou na mão ao relançar o Uno com um projeto prático e lúdico e se prepara em 2011 para o lançamento da nova geração do Palio, modelo que foi durante muitos anos seu carro mais vendido no Brasil, posição hoje ocupada pelo irmão Uno.

Mesmo bem-sucedido, o Gol tem perdido espaço no mercado: em 2008, ano da chegada da geração 5, o hatch representava quase 11% de todos os veículos vendidos no Brasil. No entanto, nos primeiros cinco meses de 2011, essa participação caiu para 8,7%, praticamente 3% a menos que nos tempos gloriosos. Até mesmo o Voyage, que voltou ao mercado depois de anos de ausência, chegou a ter uma parcela de 3% do mercado como um todo, mas este ano esse percentual já é meio por cento menor.

Enquanto isso, o Uno avança velozmente. De 5,3% de participação em 2008 hoje o hatch já representa 8% de tudo que se vende em matéria de carros no país. A Fiat só não cresceu mais de 2010 para cá porque o Palio foi vítima do sucesso do Uno. Se tinha 7,4% do mercado em 2008 agora o compacto responde por apenas 2,9% das vendas como um todo.

Esse cenário mudará no 2º semestre quando a Fiat lançará o novo Palio, baseado no projeto 326, que renovará por completo o modelo. Na sequência, já em 2012, teremos o novo Siena, a nova Strada e até mesmo um crossover para enfrentar EcoSport e cia.

antes
depois

Alinhado com o mundo

Para tentar minimizar o estrago enquanto prepara novidades, a solução encontrada pela Volks é atualizar o visual da família Gol. Prevista para ocorrer entre o final de 2011 e o começo de 2012, a reestilização aplicará a nova frente mundial da VW no Gol, Voyage e Saveiro. Para antecipar o visual desses modelos, AUTOO produziu as fotos mostradas ao lado, com a nova grade, faróis e para-choque semelhantes aos do Fox.

O visual, aliás, poderia ter sido adotado em 2008, quando o Gol G5 foi lançado, mas o designer-chefe da Volkswagen, Walter De Silva, preferiu que o carro brasileiro tivesse um visual alinhado ao de modelos anteriores da marca – o atual estilo acabara de chegar com o Golf da geração 6.

De certa forma, a medida foi correta afinal agora a VW pode promover uma reforma de meia idade na linha com potencial de causar impacto nas ruas. Segundo rumores, os três modelos não ganharão nenhuma mudança mecânica, mas a versão 2 portas do Gol deve, enfim, ser lançada para encarar o Uno e, claro, o futuro Palio 2013.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/

Veja mais notícias da marca