Versão elétrica do JAC J7 chegará ao Brasil em 2022

Sedã deverá se destacar pela elevada autonomia
Acima o JAC A5, que, no Brasil, vai adotar o nome JAC J7

Acima o JAC A5, que, no Brasil, vai adotar o nome JAC J7 | Imagem: Divulgação

Após a estreia de modelos interessantes no Brasil, como o E-JS4 entre os SUVs e o compacto urbano E-JS1, os operadores da chinesa JAC aqui no Brasil prometem subir a marca de patamar dentro do segmento de carros elétricos.

Em conversa com o AUTOO, o empresário Sergio Habib, presidente do Grupo SHC e responsável pela JAC no Brasil, confirmou que a empresa vai importar ao país a variante com propulsão 100% do JAC J7. A estreia ocorrerá ao longo de 2022.

Modelo já desenvolvido sobre grande influência da Volkswagen na JAC, o J7 é um sedã de porte médio para grande, contando com 4,77 m de comprimento, 1,82 m de largura e generosos 2,76 m de entre-eixos.

O modelo também se destaca  pelo design arrojado, baseado no estilo cupê 4 portas, e seu porta-malas tem capacidade para 520 litros.

Autonomia será destaque

Como noticiamos, veículos de imprensa que já avaliaram o JAC J7 com propulsão térmica (1.5 turbo) teceram elogios ao modelo, em especial pelo amplo espaço interno.

Segundo dados preliminares que começaram circular na China, o JAC iEV70, como deverá ser chamada por lá a opção elétrica do J7, vai se notabilizar pela autonomia, que poderá alcançar 550 km graças ao robusto conjunto de baterias de 64 kWh.

O JAC J7 elétrico deverá contar com 204 cv de potência e 34,7 kgfm de torque, números que sinalizam ótimo nível de desempenho para o modelo.

Os representantes da JAC no Brasil não especificaram uma data aproximada para a estreia do J7 elétrico por aqui no ano que vem. O nome que o modelo vai adotar no Brasil também não está definido.

Acima o JAC A5, que, no Brasil, vai adotar o nome JAC J7
Acima o JAC A5, que, no Brasil, vai adotar o nome JAC J7
Imagem: Divulgação