VW ID.Buzz: protótipo da ''nova Kombi'' elétrica se destaca ao volante

Van usa base de ID.3 e tem dirigibilidade refinada para um veículo comercial
Volkswagen ID. Buzz

Volkswagen ID. Buzz | Imagem: Divulgação

Faz algumas boas décadas que a Volkswagen ensaia lançar uma "nova Kombi". Tudo começou com o Microbus, conceito revelado pela empresa em meados dos anos 2000, quando a indústria vivia a onda dos projetos retrôs, como o Chrysler PT Cruiser e o próprio VW New Beetle.

Desde então, a Volkswagen apresentou alguns estudos até chegar à ID.Buzz. Desta vez, porém, o modelo está confirmado para ganhar as ruas em 2024.

Foi por conta da curiosidade gerada em torno da van elétrica que a VW convidou parte da imprensa especializada para dirigir um protótipo da ID.Buzz, mesmo com uma antecedência de dois anos em relação ao seu lançamento. Vale reforçar que a apresentação definitiva do inédito ID. Buzz ocorrerá já na semana que vem. 

A revista norte-americana Car and Driver foi uma das publicações que tiveram acesso ao veículo, que ostenta uma camuflagem psicodélica toda colorida - uma divertida referência às Kombis adoradas pelos hippies nas décadas de 60 e 70.

Base de ID.3

O protótipo trazia as configurações para o mercado europeu, onde a ID.Buzz será vendida nas versões para transporte de carga ou passageiros. Haverá ainda opção de carroceria com distância entre-eixos alongada.

Nos Estados Unidos, a van terá uma opção de bateria maior do que os 77 kWh oferecidos no mercado europeu.  

Seja qual for a configuração, a ID.Buzz aproveitará a mesma plataforma modular MEB, desenvolvida exclusivamente para veículos elétricos e que já é adotada nos ID.3 e ID.4. A publicação afirma que “as dimensões internas e até o design da ID.Buzz mostram como a plataforma pode ser versátil quando não há necessidade de acomodar um motor grande e pesado no veículo”.

Estável e silenciosa

O protótipo avaliado pela mídia especializada tinha a motorização de entrada da van. Estamos falando de um motor elétrico responsável por tracionar as rodas traseiras. Assim como no ID.4, são 204 cv e torque instantâneo de 31,6 kgfm. Segundo a VW, futuramente a ID.Buzz contará com uma versão mais potente, equipada com dois motores elétricos e tração integral.

Sobre desempenho, a Car and Driver estima que a ID.Buzz precise de aproximadamente 9 segundos para ir de 0 a 100 km/h. Além de muito mais ágil, a van aparenta ser mais estável do que suas antecessoras - como era de se esperar, convenhamos. Sem divulgar muitos detalhes, a fabricante revelou que a velocidade máxima será limitada a 145 km/h.

A estabilidade também foi elogiada pelos jornalistas americanos. “Embora poucos clientes esperem um comportamento de carro esportivo, o chassi do protótipo se comportou muito bem mesmo quando levado ao limite. Mesmo em curvas apertadas e escorregadias, o veículo se manteve seguro e estável, sem dar sinais de que perderia aderência”.

Volkswagen ID. Buzz
Volkswagen ID. Buzz
Imagem: Divulgação

Apesar de ser silencioso como todo carro elétrico pela ausência do som do motor, o ID.Buzz impressionou positivamente por ser um veículo comercial.

“Vans de carga raramente são silenciosas por conta de suas dimensões e também pela ausência de isolamento acústico, mas a ID.Buzz se manteve silenciosa, apenas com um discreto ruído do vento durante as viagens. A estabilidade também impressiona levando em consideração sua vocação comercial, embora o protótipo tenha apresentado um pouco de falta de estabilidade ao passar por ondulações no piso, que provavelmente são amenizadas com um pouco de carga na parte de trás”, analisaram.

O protótipo estava equipado com rodas de 18 polegadas, que será a menor opção disponível. De acordo com a Car and Driver, a escolha contribuiu positivamente para uma melhor dirigibilidade. Seja como for, a VW já disse que pretende oferecer conjuntos de até 21 polegadas.

Interior ‘misterioso’ e espaçoso

Infelizmente não há muito o que dizer sobre o interior da ID.Buzz. Isso porque o protótipo estava com uma pesada camuflagem que cobria toda a cabine.

Mesmo assim, os colegas da Car and Driver notaram que a interface do sistema de entretenimento deve ser a mesma do ID.4, combinando uma tela tátil no console central com uma pequena tela no lugar do quadro de instrumentos convencional. 

Os controles de climatização também serão os mesmos, e isso não é uma boa notícia, já que eles podem ser acionados inadvertidamente enquanto o usuário está manuseando a central multimídia.

Há também bastante espaço interno, especialmente na versão para transporte de passageiros.

“É claro que a posição das baterias eleva a altura do assoalho, mas isso faz com que o carro aparente ser impressionantemente espaçoso, traduzindo uma boa porcentagem dos 4,71 metros de comprimento em espaço interno”, comenta a Car and Driver, ressaltando que as unidades vendidas nos Estados Unidos serão equipadas com três fileiras de bancos.

Comunicação com o carregador

Alguns sistemas do veículo ainda apresentavam funcionamento intermitente, algo normal na fase de protótipos, mas devem operar normalmente quando a van começar a ser produzida.

O sistema de frenagem regenerativa funcionará de maneira inteligente, atuando de maneira mais intensa quando o veículo se aproxima de situações que exigem redução de velocidade, como rotatórias ou intersecções. 

A Volkswagen também diz que a ID.Buzz poderá funcionar com a tecnologia Plug & Charge, que permitirá que os veículos se comuniquem diretamente com as estações de recarga. Com isso, não haveria necessidade de usar cartões ou aplicativos para liberar o carregamento do carro.

Ainda não foram divulgados os números de autonomia, mas a engenharia da VW disse que “ficaria satisfeita” com 400 km, segundo o novo padrão global WLTP. Especula-se que o veículo possa suportar carregadores ultrarrápidos. Infelizmente ainda não há informação sobre preços, algo que deve ser revelado apenas nos próximos meses - ou anos. 

Volkswagen ID. Buzz
Volkswagen ID. Buzz
Imagem: Divulgação

Recomendados por AUTOO

Youtube
Picape Fiat Titano

Picape Fiat Titano

Estreia da marca no segmento onde a Hilux domina, mas será que dá para peitar a Toyota?
Aviação
Rússia fabrica mais caças Su-34 enquanto Ucrânia destrói outros

Rússia fabrica mais caças Su-34 enquanto Ucrânia destrói outros

Mais um lote do jato de combate foi entregue, mas Força Aérea ucraniana diz ter destruído seis jatos russos em ataque de drone
AUTOO
Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Acompanhe as notícias sobre automóveis do site de forma mais rápida e prática!