VW promete mudanças no Jetta

Linha 2015 do sedã médio vai ganhar facelift, mais itens e motor que gasta menos

VW Jetta | Imagem: VW

A vida do Volkswagen Jetta não anda fácil, seja no Brasil ou nos Estados Unidos, onde começou com forte atuação e mais recentemente começou a decair. No mercado brasileiro a queda foi ainda mais brusca: o carro despencou da terceira colocação para a sexta. Neste ano, por exemplo, a montadora emplacou apenas 1.700 carros em três meses no País. Esse volume é inferior ao desempenho mensal que o carro teve em 2012.

E a VW sentiu o baque, tanto que já anunciou mudanças para a linha 2015 do Jetta, que será apresentada ainda neste mês no Salão de Nova York, nos EUA.

Veja mais: VW Jetta híbrido começa a ser vendido

A montadora não falou muita coisa do Jetta 2015, mas deu algumas pistas sobre as novidades que estarão presentes no novo modelo, como o visual externo reformulado, novos equipamentos de segurança e diminuição no consumo de combustível.

Comenta-se que o Jetta de entrada poderá trocar o motor 2.0 8V de 120 cv pelo moderno propulsor 1.4 TSI (turbo com injeção direta) de 140 cv. Esse bloco é o mesmo que equipa a nova geração do Golf na primeira versão, que ainda tem câmbio DSG de dupla embreagem.

O Jetta 2015 com as modificações previstas deverá chegar ao Brasil ainda neste ano, possivelmente com apresentação no Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro.