Ao contrário do Brasil, Onix RS terá câmbio manual na Argentina

Enquanto o hatch de apelo esportivo é oferecido apenas com transmissão automática, país vizinho terá outra opção
Chevrolet Onix 2021

Chevrolet Onix 2021 | Imagem: Divulgação

Pouco antes de a Chevrolet apresentar o Onix RS no Brasil, o modelo começou a ser vendido na Colômbia com câmbio manual. Isso deu esperança aos entusiastas brasileiros de que a novidade não seria apenas um “esportivado”. Porém, não foi o que aconteceu e o hatch com apelo esportivo chegou a nosso mercado com transmissão automática de seis marchas, como qualquer outro Onix mais completo.

Na Argentina, porém, a estratégia será diferente da brasileira. Por lá, o Chevrolet Onix RS terá as vendas iniciadas no final do primeiro semestre e manterá o câmbio manual para honrar o apelo de carro divertido. No entanto, será a transmissão de cinco velocidades, não a de seis posições como no carro brasileiro nas versões de entrada. Por uma questão de custo, a última nunca chegou à Argentina.

Em termos de motorização, o Onix RS argentino terá o mesmo propulsor 1.0 turbo de três cilindros do carro nacional. A Chevrolet da Argentina declarou que o bloco desenvolverá 116 cv de potência e 16,3 kgfm de torque, usando apenas gasolina. Mesmo com o câmbio de apenas cinco marchas, a divisão do país vizinho afirma que a aceleração de 0 a 100 km/h acontecerá em 10,1 segundos, 0,3 segundo a menos que o declarado para o Onix RS automático brasileiro. Entretanto, a transmissão deve ser a única diferença entre os dois carros.

“O novo Onix RS se junta à família com o objetivo de continuar expandindo nosso portfólio e manter este veículo como referência no segmento”, explica Hermann Mahnke, diretor executivo de marketing da GM para a América do Sul. A expectativa é que no futuro mais versões RS sejam adicionadas à linha Chevrolet para o Mercosul.

Chevrolet Onix 2021
Chevrolet Onix RS nacional
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!