Ao longo de 10 anos, ter um cachorro custa o mesmo que dois carros

Especialista faz as contas e nos mostra que é preciso planejamento ao acolher um animal
Citroën Grand C4 Picasso 2016

Citroën Grand C4 Picasso 2016 | Imagem: Divulgação

O educador financeiro Fabrizio Gueratto, jornalista e escritor que comanda o Canal 1Bilhão, revelou nesta segunda-feira (5) uma conta bem interessante: segundo ele, ao longo de 10 anos, cuidar de um cachorro custa o equivalente a dois carros “populares” novos.

De acordo com Gueratto, “entre ração, plano de saúde, banho, anti-pulgas, remédios, acessórios e hotel o gasto de um animal de médio porte, com expectativa de vida de 10 anos, atinge o valor total de R$ 66.517,20. Um carro popular como o Renault Kwid, custa a partir de R$ 32.490. Se somarmos duas unidades do automóvel, teremos o total de R$ 64.980”.

“Somente com ração mensalmente será necessário o investimento de R$ 135, o que significa R$ 1.620 anualmente. No período de 10 anos, que é a expectativa de vida média de um cachorro de médio porte, o montante sobe para R$ 16,2 mil. Deve-se levar em conta o prazer e a satisfação que um animal de estimação proporciona. Isso é incalculável. É o custo do prazer. Entretanto, é preciso saber antes o gasto que terá ao adquirir. É exatamente igual a comprar um carro. Além do automóvel, você terá custo de manutenção, IPVA, seguro e o risco de gastos extras caso tenha um problema com motor ou se envolva em um pequeno acidente abaixo da franquia”, explica o educador financeiro.

“Além da ração, pelo menos a cada 15 dias o animal precisará tomar banho em um pet shop, o que gerará uma despesa de pelo menos R$ 90 por mês ou R$ 1.080 por ano. Assim como um ser humano, hoje existem planos de saúde para pets e é recomendável para quem não quer levar grandes sustos com a conta do hospital”, complementa Gueratto.