Até R$ 83 mil: 10 bons SUVs usados para comprar pelo preço de um HB20 0km

Lista de opções no mercado vai de Hyundai Creta até modelos de luxo como BMW e Volvo
Hyundai Creta 2017

Hyundai Creta 2017 | Imagem: Divulgação

Atualmente o Hyundai HB20 hatch 0km em sua versão mais simples Sense Plus custa salgados R$ 82.890. A menos que você não abra mão de ter um novo, com esse valor, é possível optar pelos SUVs com melhor custo-benefício.

VEJA TAMBÉM:

Com essa estratégia em mente, listamos 10 bons SUVs usados, a maioria com câmbio automático e do ano 2018, portanto um seminovo, cujo valor médio é de R$ 82 mil, considerando a nossa consulta na tabela oficial da FIPE, feita no dia 4/9. Confira.


1- Volvo XC60 2.0 T5 2013 - R$ 70.899

Volvo XC60 T5
Volvo XC60 T5 o modelo sueco preza pela segurança e conta com espaço de sobra para cinco ocupantes e suas bagagens
Imagem: Divulgação

Apesar de ser um carro fabricado em 2013, o seu design ainda permanece atual, o que faz parecer um SUV bem mais novo. Importado da Bélgica para o Brasil a partir de 2009, em 2013 ganhou a sua primeira reestilização. 

Traz motor 2.0 turbo de 240 cv, câmbio automatizado de seis marchas de dupla embreagem e tração dianteira. O torque de 32,6 kgfm desperta já nas 1.800 rpm, o que faz dele um dos SUVs mais rápidos de sua época. São 210 km/h de velocidade máxima e zero a 100 km/h em 8,1 segundos para empurrar seus quase 1.700 kg de peso total. 

Espaço também não é problema para ele. São 495 litros de capacidade de porta-malas e espaço de sobra para até cinco passageiros viajarem com conforto.

2- BMW X1 2.0 16V SDrive18i Aut. 2013 - R$ 76.877

BMW X1
BMW X1 tem bom comportamento  dinâmico e tem um eficiente motor 2.0 aspirado que funciona com câmbio automático
Imagem: Divulgação

Ele também é um dos mais antigos da lista, mas carrega o status de um BMW. O SUV trouxe várias motorizações desde 2010, quando começou a ser importado. Mas com o foco no limite dos R$ 83 mil e a busca por modelos mais novos possíveis, a escolha recaiu para a versão 2.0 16V SDrive18i. 

Ela traz motor 2.0 aspirado de quatro cilindros que desenvolve 150 cv e a tradicional receita da tração traseira. Seu motor não empolga tanto comparado ao turbo do Volvo XC60, mas traz câmbio automático de seis marchas com opção de trocas sequenciais, comandos do som no volante e ar-condicionado automático.  A BMW declara 20,4 kgfm de torque despertado a 3.600 rpm, o que contribui para sair da imobilidade a 100 km/h em 10,4 segundos e atingir a velocidade final de 200 km/h. 

O porta-malas de 420 litros também não faz feio em se tratando de um SUV de apenas 4,45 m de comprimento, 1,79 m de largura e 1,54 m de altura. Mas quem viaja atrás, principalmente o passageiro do meio por conta do túnel central elevado, sente certo desconforto.


3-Nissan Kicks S 1.6 16V flex Mec. 2019 - R$ 77.862

Nissan Kicks 2017
Nissan Kicks da primeira leva fabricada no Brasil ainda tem visual atual e o econômico motor 1.6 flex
Imagem: Divulgação

A marca está bem consolidada por aqui, o que faz dele o queridinho no mercado de usados. É anunciar e vender. Robustez, estilo e principalmente o consumo são alguns dos ingredientes da receita do sucesso. Ele conta com apenas 4,29 m de comprimento, e isso quer dizer na prática facilidade de estacionar.

O porta-malas também agrada para pequenas famílias. São 432 litros, ou 12 litros a mais que o BMW. Trazendo o motor flexível 1.6 de 114 cv tanto no etanol quanto na gasolina  que casado com uma transmissão do tipo CVT que simula seis marchas não empolga. São 175 km/h de velocidade final e 12 segundos na tarefa de zero a 100 km/h, mas em compensação, mantê-lo é bem mais barato em comparação aos modelos premium da BMW e Volvo.

4- Peugeot 2008 Allure 1.6 flex 16V 2022 - R$ 78.667

Peugeot 2008
Peugeot 2008
Imagem: Divulgação

Além da 1.6 aspirada de 122/115 cv e 16,4/15,5 kgfm de torque com câmbio manual de seis marchas ou automático de quatro velocidades, a Peugeot trouxe a opção 1.6 turbinada de 173/165 cv e torque de 24,5 kgfm (rodando com etanol e gasolina) que casa muito bem com a transmissão manual de seis marchas. 

Além de ter melhor rendimento por conta da sobrealimentação do motor, não é tão gastona: São 7,1 km/l na cidade e 8,5 km/l na estrada com etanol e 10,7 km/l na cidade e 12,4 km/l com gasolina, ou seja, quase o mesmo consumo da versão aspirada: 7,3 km/l (cidade), 8,2 km/l (estrada) com etanol e 10,2 km/l (cidade), 11,6 km/l (estrada) com gasolina, segundo dados do Inmetro. 

Outra vantagem está na lista de itens de série - desde as versões mais simples - trazendo direção elétrica; painel em LCD com computador de bordo; ar-condicionado bi-zona; controlador de velocidade de cruzeiro (erroneamente chamado de piloto automático); central multimídia com tela sensível ao toque de sete polegadas; faróis de neblina; LEDs para luzes diurnas e lanternas; entre outras comodidades.

5- Renault Duster Dynamic 2.0 flex Aut. 2020 - R$ 79.303

Renault Duster 2023
Renault Duster com novo visual tem a robustez do conjunto entre os principais atrativos entre os SUVs faixa de R$ 80 mil
Imagem: Divulgação

Da lista dos 10 mais, o SUV da Renault é perfeito se você não abrir mão do espaço interno e porta-malas. Cinco passageiros podem viajar com conforto e de quebra com bom espaço para as bagagens. São 4,32 m de comprimento, 1,82 m de largura, 1,68 de altura e 2,67 m de entre-eixos e seu porta-malas abriga bons 475 litros, deixando muitos SUVs maiores com raiva.

Até o orçamento de R$ 83 mil, você pode optar pelas versões equipadas com motor 1.6 flex de 115/110 cv e 2.0 flex de 142/138 cv o que casado com a boa posição de dirigir faz dele um modelo a se pensar para a sua próxima compra de usado.

A partir de 2020 já contando com a sua última reestilização trouxe melhorias como a privilegiada direção com assistência elétrica, mas também foi o último ano da versão 2.0 e a opção da tração integral.

6- Citroën C4 Cactus Feel 1.6 16V flex Aut. 2021 - R$ 80.158

Citroën C4 Cactus 2024
Citroën C4 Cactus vem con central multimídia com espelhamento de celular e andam bem como um hatch médio
Imagem: Divulgação

O estilo esportivo e conforto de rodagem fazem dele um dos modelos preferidos por aqueles que valorizam o prazer de dirigir. Isso é evidenciado pelo excelente nível de equipamentos, trazendo até ar-condicionado digital desde as versões mais baratas da linha. Além disso, o modelo pode ser encontrado com itens como dois modos de condução (Sport e Eco), central multimídia com tela de 7" sensível ao toque e compatível com Apple CarPlay e Android Auto (com cabo) regulagem de altura e profundidade do volante, ar-condicionado digital, com conexão à central multimídia, regulador e limitador de velocidade, e faróis de neblina.

Apesar da lista farta, com o limite de R$ 83 mil, as opções de motores ficam reservadas somente à 1.6 flex aspirada de até 118 cv. A turbinada do ano-modelo 2020, por exemplo, já salta para a casa dos R$ 95 mil. Por outro lado, a transmissão automática de seis marchas, motorização mais procurada no utilitário compacto, é um alento para a versão sem turbo. 

7-Honda HR-V LX 1.8 flex Aut. 2016 - R$ 80.585 

Honda HR-V 2017
Honda HR-V: há quem prefira a primeira geração do modelo que a atual. O modelo 2016 tem câmbio CVT e boa dose de conforto
Imagem: Divulgação

Um dos modelos de maior sucesso da Honda, o HR-V traz o mesmo motor do Civic, o competente e econômico 1.8 flexível de 140/139 cv e 17,4/17,3 kgfm de torque. Associado a ele, está uma transmissão do tipo CVT que simula sete marchas. Mas o melhor dele, além da confiabilidade mecânica e serviço de pós-venda, está no espaço interno, algo primordial para quem está em busca de um SUV, por menos que seja. O Honda conta com 4,29 m de comprimento, 1,77 m de largura, 1,58 m de altura e 2,61 m de entre-eixos, nada muito grandioso, mas seu porta-malas surpreende. São 437 litros.

No pacote de itens de série, essa versão mais simples traz freios ABS, dois airbags (motorista e passageiro), controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, freio de estacionamento elétrico e sistema Brake Hold que segura o carro em rampas e muito mais.


8-Jeep Renegade Longitude 1.8 16V 4x2 flex Aut. 2018 - R$ 80.770

Jeep Renegade 2016
Jeep Renegade vai bem tanto na cidade quanto em piso de terra e conta com uma lista de equipamentos recheada
Imagem: Divulgação

O representante de uma das marcas mais tradicionais do segmento SUV trouxe ao brasileiro a possibilidade de ter um Jeep compacto e com preço competitivo. Por falar nisso, por R$ 80.770, você pode optar pela honesta versão Longitude que traz uma extensa lista de itens de conforto e segurança, tudo de série.  Ar-condicionado digital automático de duas zonas, controle eletrônico de estabilidade (ESC), sistema de assistência à frenagem (BAS), sistema anticapotamento (ERM), auxílio de partida em rampas (HSA) e controle automático de descida (HDC) são alguns deles e dificilmente encontrados na concorrência.

A versão adota o motor 1.8 16V flex de 139/135 cv com câmbio automático de seis marchas, suficiente para empurrar o modelo até os 100 km/h em 11,1 segundos e obter a velocidade final de 182 km/h. Mas o que realmente incomoda, sobretudo se a sua família for mais numerosa, é o espaço do porta-malas: apenas 320 litros.

9-Hyundai Creta Attitude 1.6 16V flex Aut. 2018 - R$ 81.508

Hyundai Creta 2017
Hyundai Creta é um SUV compacto bem espaçoso e com boa relação entre custo e benefício entre os pontos positivos
Imagem: Divulgação

Ele está entre os preferidos por quem busca este tipo de veículo. Se no mercado de novos ele custa mais de R$ 115 mil, a saída é recorrer aos usados que ainda contam com a garantia de fábrica. Um 2018, por exemplo, ainda tem o benefício, lembrando que a marca dá cinco anos.

Além dessa vantagem, o modelo reúne atributos que fazem dele ser objeto de desejo. O motor 1.6 16V da família Gamma, o mesmo que equipava os HB20, é apenas satisfatório. Rende 130/123 cv a 6.000 rppm e torque de 16,5/16 kgfm despertado a longevos 4.500 rpm. 

O melhor mesmo é o espaço interno que pode transportar cinco adultos sem apertos, graças ao melhor aproveitamento de seus 1,78 de largura, 1,63 m de altura e 2,59 m de entre-eixos. Já o comprimento de 4,27 m favorece no porta-malas de 431 litros, que podem ainda ser ampliados para 1.425 litros com o rebatimento dos bancos, segundo a fabricante sul-coreana. 

10- Chevrolet Tracker LT 1.4 Turbo 16V flex Aut. 2018 - R$ 81.771

Chevrolet Tracker 2017
Chevrolet Tracker já com motor 1.4 turbo no lugar do 1.8 aspirado consegue ser mais eficiente no dia a dia
Imagem: Divulgação

É o segundo carro da lista do TOP10 que conta com motor turbo e o mais caro. Mas isso impacta em seus predicados, pois ele consegue reunir, numa só tacada, desempenho, economia, bom nível de equipamentos e conforto.

O motor 1.4 turbinado com injeção direta de 153/150 cv a 5.200 rpm e torque de 24,5/24 kgfm a 2.000 rpm ligado à transmissão automática de seis marchas proporciona o 0-100 km/h em 9,4 segundos. A velocidade final declarada é de 198 km/h. O consumo, segundo o Inmetro é de 7,3 km/l na cidade e 8,2 km/l na estrada com etanol e 10,6 km/l na cidade e 11,7 km/l na estrada rodando com gasolina.

A lista de itens de série da versão LT traz faróis e lanterna de neblina, ar-condicionado, computador de bordo, controlador de velocidade de cruzeiro com comandos no volante, direção elétrica, retrovisores elétricos, sistema Stop/Start, controles de rádio e do celular no volante entre outras comodidades. 

Siga o AUTOO nas redes: Instagram | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Hyundai Creta 2017

Hyundai Creta 2017

BMW X1

BMW X1

Peugeot 2008

Peugeot 2008

Peugeot 2008

Peugeot 2008

Volvo XC60 T5

Volvo XC60 T5

Recomendados por AUTOO

Youtube
Fiat Fastback Abarth

Fiat Fastback Abarth

SUV Cupê tem veneno na medida certa
Aviação
Áustria terá ajuda da Holanda para comprar seus Embraer KC-390

Áustria terá ajuda da Holanda para comprar seus Embraer KC-390

Rival do Hercules deve chegar ao país da Europa em 2027
MOTOO
Veja os preços da nova Zontes 350!

Veja os preços da nova Zontes 350!

Novas T350, T350x, R350 e V350 aparecem em site da empresa