Atualização da Frontier não estreia no Brasil em 2021, garante Nissan

Enquanto isso, fábrica na Argentina recebe atualização para produzir o modelo aprimorado
Nissan Frontier 2021

Nissan Frontier 2021 | Imagem: Divulgação

Nas últimas semanas de 2020 a Nissan revelou seu pacote de atualizações para a Frontier vendida no México e em alguns mercados asiáticos. Aqui no Brasil, a Frontier que encontramos em nossas ruas é alinhada com a picape oferecida nesses países, portanto é praticamente certo que a novidade chegará com as mesmas melhorias ao nosso mercado. Atualmente a Frontier vendida aqui é produzida na Argentina para abastecer também outros mercados da América do Sul.

Um fato importante sobre a picape foi antecipado na coletiva de lançamento do novo Kicks 2022 no mercado brasileiro. Ao ser questionado sobre o facelift da Frontier durante a sessão de perguntas e respostas realizada no evento o diretor sênior de marketing e vendas da Nissan, Tiago Castro, revelou que a atualização do modelo não vai estrear no Brasil até o fim deste ano. O executivo não sinalizou qual seria uma previsão de data para o lançamento da nova Frontier por aqui, porém é provável que 2022 figure como uma boa aposta.

Como já é possível ver nas imagens da Nissan Navara 2021 revelada no exterior, nome pelo qual a Frontier é conhecida em alguns mercados, o facelift para a picape média traz como destaque uma nova grade frontal mais pronunciada, inspirada pela Nissan Titan oferecida nos EUA. Nas imagens, a nova Frontier demonstra contar com faróis de LED, item que deve aparecer nas versões mais caras. O para-choque frontal também mudou, ganhando novos abrigos para os faróis auxiliares e um acabamento revisado na porção inferior da peça. 

Na traseira, as lanternas receberam uma nova assinatura luminosa e a tampa da caçamba foi revisada, recebendo um letreiro com o nome da picape. Nos mercados onde foi lançada, a nova Frontier contará ainda com uma versão chamada de Pro4X, com apelo off-road. Ela agrega itens como emblemas escurecidos, detalhes pintados de laranja, grade preta, rack de teto, estribos laterais e rodas de escurecidas de 17 polegadas com pneus de perfil mais agressivo.

Nissan Frontier 2021
Atualização da Frontier vendida em mercados asiáticos e no México foi revelada no fim de 2020
Imagem: Divulgação

Outra novidade é a utilização de reforços estruturais nas longarinas do chassi da nova Nissan Frontier/Navara vendida em mercados emergentes. A solução era empregada exclusivamente na finada Mercedes-Benz Classe X, que foi desenvolvida junto com a atual geração da picape da marca japonesa. A alteração visa melhorar a robustez, a estabilidade e o conforto do conjunto, além de ter sido desenvolvida pela equipe da marca alemã. 

Importante salientarmos que a América do Norte passa a contar com uma geração própria da Nissan Frontier a partir de agora, diferente do modelo que será vendido no Brasil. 

Ainda no ano passado, a Nissan anunciou investimento de US$ 130 milhões em complemento aos US$ 600 milhões que já havia destinado ao seu Complexo Industrial de Santa Isabel, localizado em Córdoba, na Argentina. 

Segundo a Nissan informou à época, o investimento adicional na região tem como finalidade “aumentar o índice de nacionalização de suas picapes, além de equipá-las com as mais altas tecnologias disponíveis e de acordo com as normas de emissões, para continuar oferecendo aos seus clientes produtos com os mais elevados níveis de qualidade, segurança e conforto”. 

Recorde em participação 

A Nissan atingiu em fevereiro o recorde de participação da Frontier no segmento. Segundo a marca, a picape conquistou 11,9% de participação na categoria, superando o recorde anterior, de julho de 2020, quando atingiu 10,1%. A Nissan também informa que, com 844 unidades vendidas em fevereiro deste ano, o total consolida-se também como o melhor resultado da Nissan Frontier no Brasil nos últimos oito anos. Na classificação nacional do segmento, a picape da Nissan ficou na quarta colocação, mas foi líder de mercado em cidades como Rio de Janeiro, Campinas, Ribeirão Preto, Campina Grande, Pelotas, Cascavel, Uberaba, Criciúma, entre outras. A picape também foi a mais vendida em São Paulo, maior mercado do país, com participação de 24,5%. O utilitário da Nissan ainda liderou as vendas do segmento em Vitória (32,6%), Maringá (32,3%) e Jundiaí (23,3%), reporta a marca japonesa.  

Nissan Frontier 2021
Tampa traseira passa a contar com o nome do modelo: picape é conhecida como Navara em outros mercados 
Imagem: Divulgação