"BBB 24": 5 SUVs usados automáticos bons, bonitos e baratos para comprar em 2024

Custando até 70 mil, eles oferecem mais por menos que um carro popular 0 km
É possível encontrar no mercado SUVs usados que continuam bons, belos e baratos

É possível encontrar no mercado SUVs usados que continuam bons, belos e baratos | Imagem: Divulgação

O BBB 24 que estreou na última semana é hoje a casa mais vigiada do Brasil e, assim como o reality show exibido pela TV Globo, os SUVs pertencem ao segmento mais “vigiado” atualmente.

VEJA TAMBÉM:

Bons, bonitos e baratos, colocamos os “5 candidatos no paredão” para você votar no qual deve ficar e qual deve ser eliminado da sua lista. Confira a seguir.

1- Ford EcoSport SE 1.5 12V flex 2018 - R$ 66.378 (FIPE)

Ford EcoSport 2022
Ford EcoSport com o bom motor 1.5, de três cilindros, é uma opção interessante entre os SUVs usados
Imagem: Divulgação

O modelo inaugurou o segmento dos SUVs compactos e até hoje ele tem a sua legião de fãs, mesmo não sendo mais fabricado no Brasil, em consequência da saída da Ford do país, em 2021.

De 2003 até 2011 seguiu sem grandes modificações significativas de estética, mas de 2012 até o fim de sua produção, a segunda geração tem um visual que em nada lembra carros mais antigos.

Moderno e bonito, a versão intermediária SE Automática acaba tendo um dos melhores custos-benefícios da linha. São 7 airbags, ar-condicionado, direção elétrica, controles de tração e estabilidade, central multimídia de 6,5 polegadas com conectividade Android Auto e Apple CarPlay, sensor de ré e rodas de 15 polegadas, câmbio automático de 6 marchas com trocas de marchas no volante e controle de velocidade de cruzeiro.

Junto à caixa automática, está o motor flexível tricilíndrico 1.5 12V (137/130cv e 16,2/15,6 kgfm) que garante agilidade e conforto. No consumo, ele chega a fazer com gasolina 11,6 km/l na cidade e 13,1 km/l na estrada.


2- Renault Duster Expr. 1.6 16V flex 2018 - R$ 67.546 (FIPE)

Renault Duster 2017
Renault Duster tem bom espaço e oferece robustez para enfrentar trechos de terra 
Imagem: Divulgação

O primeiro crossover fabricado pela Dacia sob a insígnia Renault para o mercado brasileiro é dono do maior porta-malas da categoria com incríveis 475 litros.

Por falar nisso, outro ponto muito elogiado nele, com 4,31 m de comprimento, 1,82 m de largura e 1,69 de altura e 2,67 m de entre-eixos, é o espaço interno, que possibilita melhor acomodação atrás para as pernas aos passageiros mais altos.

Desde 2017, a linha passou a contar com o câmbio CVT para o motor 1.6 16V SCe flex que rende 120/118 cv e traz um consumo de 11,1 km/l na cidade e 11,4 km/l na estrada (gasolina).

A versão Expression já traz de série: ar-condicionado; direção eletro-hidráulica; rádio MP3 com entrada USB e auxiliar; volante e banco do motorista com regulagem de altura; controles eletrônicos de estabilidade e de tração e assistente de partida em rampa, entre outros itens.

3-Peugeot 2008 Griffe 1.6 16V flex 2018 - R$ 67.658 (FIPE)

Peugeot 2008 2017
Peugeot 2008 tem uma boa relação entre custo e benefício, além de bom espaço interno
Imagem: Divulgação

Por aqui, o modelo surgiu em 2015 e já contava com a opção turbo, além da aspirada, sempre com motor 1.6. Associado ao câmbio automático com seis marchas rende 118/115 cv de potência e traz um consumo de 10,7 km/l na cidade e 13 km/l na estrada com gasolina.

Seu visual bonito e esportivo ainda atrai olhares curiosos e seu vasto pacote de itens de série por um preço camarada acaba atraindo muita gente. Entre os pontos fortes do modelo, está a direção elétrica; painel de instrumentos em LCD com computador de bordo; ar-condicionado digital de duas zonas; central multimídia com tela sensível ao toque de sete polegadas; faróis de neblina; LEDs para luzes diurnas e lanternas; teto de vidro panorâmico fixo, sensor de estacionamento traseiro, freios com ABS e seis airbags. 

Com 4,15 m de comprimento, 1,73 m de largura, 1,58 m de altura e 2,54 m de entre-eixos, o espaço interno é suficiente para até uma família com quatro pessoas com conforto.

4-Chevrolet Tracker LTZ 1.8 16V flex 2016 - R$ 68.964 (FIPE)

Chevrolet Tracker 2018
Chevrolet Tracker depois da primeira reetilização tem sistema multimídia e bom nível de equipamentos
Imagem: Divulgação

A segunda geração do SUV da Chevrolet foi a mais bem acertada, apesar de não contar com o tradicional chassi, ao invés disso, a marca optou pelo monobloco tradicional dos SUVs de hoje que garantem mais conforto para rodar nos centros urbanos.

Importada do México em 2013, em única versão oferecida, no caso a LTZ, esta traz motor Ecotec 1.8 16V (mesmo utilizado no sedã Cruze) de 144/140 cv, câmbio automático de seis marchas e só tração dianteira (ao contrário da primeira geração que oferecia a integral). Com gasolina, o consumo é de 8,3 km/l na cidade e 11,9 km/l na estrada.

Bem equipada para a época, já contava dois airbags, câmera de ré, sensor de estacionamento, sistema multimídia MyLink, rodas de 18 polegadas, rack de teto, luzes de neblina, sistema multimídia MyLink com tela sensível ao toque, controle de velocidade e de cruzeiro, sistema de navegação por satélite (GPS), comandos no volante, freios com ABS, tudo isso de série. Já os airbags laterais, de cortina e teto solar elétrico podiam ser pedidos como opcional. 

5- Volkswagen Tiguan 2.0 16V TSI 2014 - R$ 70.085 (FIPE)

Volkswagen Tiguan 2017
Volkswagen Tiguan se destaca pelo desempenho e pelo conjunto bem acertado, estrutural e mecânico
Imagem: Divulgação

Importada da Alemanha em 2009, a primeira geração do crossover da Volkswagen envelheceu muito bem, apesar de ter sido descontinuada em 2018, quando chegou a segunda geração. O SUV da Volkswagen proporciona bom espaço para quatro adultos por conta do seu entre-eixos de 2,6 metros. 

Além de bonito e esportivo, o Tiguan ficou conhecido por estrear o sistema Park Assist que estaciona sozinho: é só apertar um botão, engatar a ré e tirar as mãos do volante que ele se encarrega do resto, bastando o motorista apenas controlar o pedal do freio.

Além desse recurso que era oferecido como opcional, o SUV trazia de série: ar-condicionado digital de duas zonas, volante multifuncional revestido em couro, trio elétrico, sistema de som com oito alto-falantes e rádio/CD com MP3, entrada auxiliar e disqueteira para seis CDs entre outros mimos.

O motor é o turbo 2.0 16V de 200 cv e 28,5 kgfm, liberado entre 1.700 rpm e 5.000 giros. A tração integral é automática, com o sistema 4Motion. Único da lista que não é flex, seu consumo é de apenas 7 km/l na cidade e 8,6 km/l na estrada.

Siga o AUTOO nas redes: WhatsApp | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

É possível encontrar no mercado SUVs usados que continuam bons, belos e baratos

É possível encontrar no mercado SUVs usados que continuam bons, belos e baratos

Fernando Garcia

Especialista em análises do mercado de veículos usados, Fernando Garcia tem passagens por revistas automobilísticas e no AUTOO traz vários artigos especiais com curiosidades, serviços e dicas.

Recomendados por AUTOO

Youtube
RAM Rampage Laramie a diesel

RAM Rampage Laramie a diesel

Será que ainda é vantajoso ter picape com motor turbodiesel?
Aviação
Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Mas nega que isso possa atrapalhar operação dos novos Gripen suecos
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções